03/05/2019 07h35

O benefício começou a ser concedido neste 1º. de maio para famílias consideradas de baixa renda

Redação

A Prefeitura de Três Lagoas realizou a primeira concessão para sepultamento nos túmulos sociais construídos no Cemitério Municipal “Santo Antônio”. O enterro aconteceu na tarde desta quinta-feira (2), um dia após o direito passar a ser autorizado para famílias consideradas de baixa renda.

O projeto atendeu a família de uma senhora de 75 anos, que não estava em condições financeiras para providenciar o enterro particular. Uma das filhas sentiu-se aliviada com o benefício. “Estamos muito tristes com a partida de minha mãe, mas, um pouco tranquilos por conseguirmos sepulta-la neste túmulo social com dignidade. A morte dela nos pegou de surpresa e não temos como pagar todas as exigências de uma sepultura particular”, comentou.

O prefeito Angelo Guerreiro acompanhou o trabalho da equipe do Cemitério e mostrou-se solidário aos familiares. “Este projeto é realmente para tornar menos dolorosa a partida de um ente querido. Muitas pessoas ficavam desesperadas por não ter como enterrar algum parente. Os túmulos sociais vão amenizar esse momento difícil para muitos três-lagoenses”, disse Guerreiro.

O projeto atenderá aos familiares moradores de Três Lagoas que não tiverem condições financeiras de realizar o sepultamento particular e que já estejam cadastradas nos requisitos estabelecidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social. O ente querido ficará em uma das gavetas suspensas dos túmulos sociais pelo prazo de 42 meses. Após este período, a família deverá providenciar o jazigo particular definitivo, caso contrário, os restos mortais serão depositados no ossário municipal.

Primeiro enterro foi realizado ontem. Foto: Divulgação

Comentários