12/06/2019 10h25

Música se torna motivação para as atletas neste início de Copa do Mundo e repercussão surpreende autoras. Em 2011, jogadoras resolveram homenagear o futebol feminino

Do Globoesporte.com

Desde a chegada na França, as jogadoras da seleção brasileira se uniram para levantar o astral e tentar iniciar uma nova etapa na Copa do Mundo. O retrospecto ruim nos jogos que antecederam o torneio tinha que ficar para trás. A música se tornou aliada, com as atletas carregando seus instrumentos em todos os trajetos.

E o ambiente ganhou uma trilha sonora toda especial.

A música ”Jogadeira” se tornou o hino oficial das mulheres brasileiras na Copa da França. Está presente no caminho do treino e na volta para o hotel. Também naqueles momentos de descontração e descanso. Mas ganhou de fato o país quando Cristiane, ao marcar três gols, elegeu essa a canção para embalar sua atuação no ”Fantástico”. Viralizou, fez sucesso em todo o Brasil.

”Qual é, qual é

Futebol não é pra mulher

Eu vou mostrar pra você, mané

Joga a bola no meu pé”

E por trás da letra marcante, há muito mais do que um bom ritmo.

Ela é de autoria da jogadora Cacau, do Corinthians, e da ex-jogadora Gabi Kivitz. Elas escreveram em 2011, mas o clipe só foi lançado na semana passada, antes da estreia do Brasil na Copa do Mundo. Nele, atletas e ex-atletas entoam a canção.

“Ficamos felizes com a repercussão. Virou mesmo nosso hino”, disse a lateral da seleção, Tamires.

A letra fala pro si só. Apesar do ritmo que empolga, também conta através dos versos muito do que as jogadoras da Seleção tiveram que enfrentar para chegarem até a realização do sonho de disputar uma Copa do Mundo.

“A gente sabia que ia bombar em redes sociais, mas nem nos nossos melhores sonhos, a gente imaginava que essa música seria o hit da Copa, no Brasil todo” disse Cacau, ao GloboEsporte.com.

A repercussão positiva emociona as autoras da música. E a emoção não é só por motivar a Seleção na jornada da Copa. Com o alcance, a música inspirou muitas outras meninas e mulheres do país.

“Estamos recebendo vídeo de crianças do Brasil todo. O negócio se expandiu de uma maneira maravilhosa, porque a Seleção também comprou a ideia e as meninas gostaram muito (…) A gente está muito feliz dessa música ter virado o hit da Copa. A gente só tem a agradecer todo mundo que está compartilhando”, disse.

A Seleção Brasileira chegou no estádio no último domingo embalada pela música ”Jogadeira”. Motivou e deu sorte. A equipe venceu a Jamaica, por 3 a 0, na estreia.

Com a vitória, o Brasil assume a liderança do Grupo C da competição. A Itália também venceu, mas fica atrás pelo saldo de gols. Na próxima rodada, as brasileiras enfrentam a Austrália, que ocupa a terceira posição. As italianas encaram a Jamaica, que está na lanterna do chaveamento.

O duelo entre Brasil e Austrália acontece na próxima quinta, às 13h (horário de Brasília), e será transmitido ao vivo pela TV Globo, SporTV e GloboEsporte.com.

Veja a letra da música:

*Essa música é dedicada a todas aquelas meninas que sonham em ser jogadora de futebol. Jogadeira! Desde pequena muito preconceito Aqueles “papo” futebol não é pra mulher Mas aprendi a dominar no peito Por no chão e responder com a bola no pé

Sempre com a molecada correndo na rua É ligeira, monta o time e a panela é sua Não quer brincar de boneca e nem pintar na escola Só quer saber de driblar correr atrás de bola,

Qual é, qual é Futebol não é pra mulher Eu vou mostrar pra você, mané Joga a bola no meu pé

Agora a menina já virou mulher “Tá” correndo atrás do sonho e sabe o que quer Driblando as dificuldades, deixando pra trás Com orgulho, é jogadora e ama o que faz

Qual é, qual é Futebol não é pra mulher Eu vou mostrar pra você mané Joga a bola no meu pé

Joga bola no meu pé

Se você pensa que é fácil A vida dessa mulherada Mas não é não, você “tá” enganado Antes de jogo, não tem balada Além de muito treino e dedicação, não tem final de semana Nem feriadão e se quiser pagode só tem no “busão” Então fecha com a palma agora no refrão

Qual é, qual é Futebol não é pra mulher Eu vou mostrar pra você mané Joga a bola no meu pé

Mina de fé, de garra, swing e samba no pé Na ginga, catinga, encanta por ser mulher Dona da bola não enrola na roda Entra de sola, seja de bola ou de samba faz o que quer Quem é que toca, provoca, dá de mané Assim como quem não quer nada na marra Chega onde quer, faz batucada, é ousada na roda, é respeitada Toca instrumento e o seu de trabalho é o pé

Qual é, qual é Futebol não é pra mulher Eu vou mostrar pra você mané Joga a bola no meu pé

Joga a bola no meu pé



Comentários