Roberto Costa

QUEDA LIVRE – A mais recente pesquisa CNI-Ibope aponta que a aprovação da presidente Dilma Rousseff caiu 33 pontos percentuais. O modelo petista de administrar é rejeitado pela maioria da população.

**

QUEDA LIVRE I – De acordo com uma publicação da Confederação Nacional de Indústria, Dilma iniciou seu segundo mandato com o pior índice de popularidade de seu governo.

**

QUEDA LIVRE II – O percentual da população que considera o governo ótimo ou bom diminuiu de 40% para 12%. Dentre os entrevistados, 78% desaprovam sua maneira de governar e 4% não confiam na presidente.

**

O RECOMENDÁVEL – Mesmo sabendo que “se conselho fosse bom, ninguém dava, vendia”, se a presidente mandasse as favas o jeito petista e administrar e colocasse em prática o seu, os números seriam outros.

**

ANTICORRUPÇÃO – O pacote de medidas enviado ao Congresso Nacional ao que tudo indica ‘caiu no esquecimento de deputados e senadores’, uma vez que não se fala mais disso.

**

ANTICORRUPÇÃO I – A criminalização da prática de caixa 2 (utilização de recursos não declarados, especialmente em campanhas eleitorais). Atualmente, a prática é considerada uma contravenção penal.

**

ANTICORRUPÇÃO II – A criminalização do caixa 2 foi entregue ao Congresso na forma de projeto de lei, que tramita em uma das casas legislativas e, se aprovado, é revisto pela outra, em um só turno de votação.

**

ANTICORRUPÇÃO III – Entre as medidas consta a aplicação da Lei da Ficha Limpa para todos os cargos de confiança na esfera do governo federal. Também foi encaminhado ao Congresso como projeto de lei.

**

ANTICORRUPÇÃO IV – Outra medida prevista é a alienação antecipada dos bens apreendidos após atos de corrupção para evitar que não sejam usados por agentes públicos e possam ser vendidos por meio de leilão.

**

ANTICORRUPÇÃO V – Esse projeto já tramita no Congresso desde 2011, mas agora o governo pediu urgência constitucional. De acordo com a Constituição, projetos com esse caráter têm 45 dias para serem votados na Câmara e outros 45 no Senado.

**

ANTICORRUPÇÃO VI – Também está prevista a responsabilização criminal de agentes públicos que não comprovarem a obtenção dos bens. O governo também defende a aprovação de um novo tipo de crime que puna agentes públicos que tenham enriquecimento incompatível com os ganhos.

**

ANTICORRUPÇÃO VII – É oportuno lembrar a sociedade brasileira que um projeto sobre o tema já tramita desde 2005. Agora, o governo diz que estimulará a aprovação do projeto com celeridade.

**

ANTICORRUPÇÃO VIII – Confisco de bens dos servidores públicos que tiverem enriquecimento incompatível com os ganhos. Se fizermos um levantamento hoje, vai sair dinheiro pelo ladrão.

**

BODE EXPIATÓRIO – Para ‘acalmar’ uma parcela significativa da sociedade, o Congresso anunciou a redução da maioridade criminal de 18 para 16 anos. Cortar à própria carne parece que dói muito!

**

BODE EXPIATÓRIO I – Sabendo que presídio brasileiro ‘é escola de pós-graduação do crime’, as consequências quando os apenados ganharem a liberdade serão maiores ainda.

Comentários