17/02/2012 07h51 – Atualizado em 17/02/2012 07h51

Radares móveis vão auxiliar PRF em fiscalização

Nos últimos 54 dias, desde que a nova norma passou a vigorar, 4.063 condutores foram multados nas rodovias federais do Estado por transitar em excesso de velocidade. É quase o total de motorista penalizados, 4.611, em todo o ano passado

Correio do Estado

Quem vai viajar neste Carnaval deve ter atenção redobrada com a velocidade. A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de 22 de dezembro de 2011, dispensa o uso de placas ou outros meios de aviso da existência radares nas vias públicas.

Este, portanto, é o primeiro feriadão no qual as policiais rodoviárias poderão utilizar radares móveis em qualquer ponto das rodovias do Mato Grosso do Sul sem sinalizar a presença. Nos últimos 54 dias, desde que a nova norma passou a vigorar, 4.063 condutores foram multados nas rodovias federais do Estado por transitar em excesso de velocidade. É quase o total de motorista penalizados, 4.611, em todo o ano passado.

De acordo com o inspetor Tercio Baggio, da Polícia Rodoviária Federal, todos os postos da PRF do Estado possuem equipamentos móveis de fiscalização da velocidade. Porém, em 2011, alguns dos radares deixaram de ser utilizados porque a legislação anterior exigia estudos técnicos para o uso dos equipamentos.

Depois que entrou em vigor a resolução do Contran, explica o inspetor, a PRF pôde ampliar a fiscalização, o que refletiu nos registros de motoristas flagrados acima da velocidade permitida nas rodovias.

Durante o feriado, a PRF contará com 15 radares portáteis e 2 fixos nas fiscalizações. Já a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) vai utilizar oito equipamentos móveis

Polícia Rodoviária Estadual, a exemplo da PRF, utilizará radares móveis para fiscalização
Foto: Álvaro Rezende/Correio do Estado

Comentários