20/11/2006 07h29 – Atualizado em 20/11/2006 07h29

Ag Senado

A cerimônia de hasteamento da bandeira, realizada ontem em frente ao Congresso Nacional, prestou homenagem ao senador Ramez Tebet (PMDB-MS), que faleceu na última sexta-feira (17), aos 70 anos, vítima de câncer. Houve um minuto de silêncio e duas bandeiras do Brasil, representando a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, foram hasteadas a meio pau.

O evento ocorre todos os anos em lembrança ao Dia da Bandeira, comemorado dia 19 de novembro. O hino Nacional e o da Bandeira foram executados pela banda e pelo coral do Colégio Militar de Brasília. Cerca de 50 pessoas participaram do evento, além de 300 crianças de escolas públicas, do Colégio Militar de Brasília e dos grupos de escoteiros Liz do Lago e Escoteiros II DF JK. Para agüentar o sol do meio-dia, o público recorreu a guarda-chuvas, óculos de sol, bonés e chapéus.

O estudante Leandro Souza Silva, 12 anos, de uma escola pública do Distrito Federal, disse que valeu a pena enfrentar o calor. Ele contou que aprendeu a cantar o Hino da Bandeira na escola para poder participar da cerimônia. “Treinamos até que conseguimos cantar”. Os estudantes aproveitaram para visitar o Congresso, onde conheceram os principais espaços da Câmara e do Senado.

O senador Tião Viana (PT-AC), que representou o Senado no evento, afirmou que o Casa pode estimular o civismo. “Eles [Senado e Câmara] se tornam sempre catalisadores de um sentimento de unidade nacional, porque a política é representada pelos partidos que são partes de um todo”.

Comentários