17/11/2006 15h24 – Atualizado em 17/11/2006 15h24

Senado

O senador Ramez Tebet, em pronunciamento no dia 3 de outubro, no Senado, com a voz embargada pela emoção e com o resultado das urnas, se despediu da senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) e do senador Juvêncio César da Fonseca (PSDB-MS) cujos mandatos terminam no dia 31 de janeiro de 2007. Disse que não gostava de despedidas e, por isso, não queria esperar o início do ano. Na oportunidade, ele pediu união nacional depois do segundo turno em torno de um projeto nacional de desenvolvimento, “comandado pelo presidente que for eleito”. Mostrou-se, no entanto, atônito com as imoralidades divulgadas. A “cada 24 horas tínhamos novidade. E o povo tinha que saber a verdade (…)”. Tebet saudou a eleição de André Puccinelli (PMDB) para governador do Mato Grosso do Sul, tendo como vice Murilo Zauith (PFL). Enalteceu também a eleição da Marisa Serrano (PSDB) como primeira senadora do seu estado.

Comentários