15.5 C
Três Lagoas
quinta-feira, 18 de agosto, 2022
InícioNotíciasTrês LagoasRancheiro vê casa ser 'invadida' e porteira derrubada por equipe da Elektro

Rancheiro vê casa ser ‘invadida’ e porteira derrubada por equipe da Elektro

Equipe entrou no local sem autorização, cortou árvores, fios de energia e derrubou porteira, segundo proprietário


O autônomo Jean Carlos Belchior de Souza, 48 anos, teve uma surpresa ao ver os fios da rede elétrica do seu rancho e árvores cortados sem aviso prévio. O fato ocorreu no loteamento Maresias, em Três Lagoas.

Ele também viu a porteira do local ser arrancada sem sua autorização.

Ao Perfil News, a esposa e Jean fizeram o desabafo.

“Venho deixar minha indignação com a Elektro, invadiram nossa propriedade, situada no loteamento Maresias para fazer a poda das árvores que estava nas redes elétrica sem nenhum pré-comunicado, simplesmente quebraram e arrancaram a porteira e entraram.  Fizeram a poda cortando os fios da internet também. Gostaria de saber onde fica o direito do proprietário se tiver algum advogado vendo essa denúncia gostaria saber quais os direitos que temos porque agora ficamos sem entender nada”, informou o casal.

“Não recebemos nenhum comunicado. Eles têm todos nossos contatos, pois quando vai acabar a luz, eles enviam uma linha de transmissão. Quem mora lá está sem internet, pois cortaram os fios da fibra ótica. Passaram sobre nossos pés de limões com o caminhão. Somos proprietários a mais de 10 anos, essas árvores sempre estiveram aí, nunca reclamaram”, destaca Jean.

Ainda segundo ele, o prejuízo maior é para o meio ambiente. “O prejuízo maior é com a natureza, eles fizeram corte muito brusco, em árvores proibidas de cortar. Árvores protegidas por lei, árvores nobres, são angicos, que tem mais de décadas. Pé de guerova e a porteira que eles arrancaram, entraram com caminhão”, destaca.

“Eles deixaram um pau lá, a porteira o prejuízo foi uma tábua que eles quebraram. Eles resolveram arrancar a porteira, isso é invasão de propriedade, eles deveriam bater pra gente entrar”, pontua. 

O questionamento sobre o ocorrido foi encaminhado para Elektro, que até o fechamento desta reportagem não se manifestou.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.