20/11/2006 10h13 – Atualizado em 20/11/2006 10h13

Campo Grande News

A Polícia Civil de Dourados está à procura de Eberton da Silva Barros, 19, o “Betinho”, morador na Vila Ubiratan, região leste da cidade. Ele é o principal suspeito de ter assassinado com dois tiros a adolescente Kamila da Silva, 16, com quem morava há três anos. O crime ocorreu por volta de 19h de ontem no Jardim João Paulo II, próximo à casa de uma tia da adolescente. Kamila foi atingida com um tiro no pescoço e outro na barriga. Ela chegou a ser levada ao Hospital Evangélico, mas morreu em seguida em decorrência dos ferimentos. Segundo informações da tia de Kamila, o casal tinha um relacionamento conturbado por causa de ciúmes. O rapaz teria passado a noite de sábado e o domingo fora de casa. No domingo à tarde, Kamila para foi a casa da tia e por volta de 18h40 Eberton a chamou no portão da casa. Os dois teriam saído juntos, discutindo. A tia de Kamil teria ouvido a sobrinha dizer “então atira em mim”. Em seguida, dois tiros foram disparados e a adolescente foi encontrada no meio da rua, agonizando. Antes de Eberton chegar à casa, Kamila teria ligado em seu celular. No Os policiais constaram que a última chamada do telefone dela foi feita para o número registrado na agenda com o nome “Meu Amor”.

Comentários