14/11/2006 17h23 – Atualizado em 14/11/2006 17h23

Campo Grande News

O Ministério da Justiça deve entregar a Mato Grosso do Sul até o fim deste mês os equipamentos de raio-x e detecção de metais (fixos e manuais), a serem usados em pelo menos sete presídios do Estado. A informação partiu do secretário de Justiça e Segurança Pública, Raufi Marques, ao ressaltar que também serão encaminhados coletes à prova de balas, que serão utilizados pelos agentes penitenciários. O secretário informou que o Estado deve receber oito equipamentos de raio-x. Destes, quatro serão instalados em unidades prisionais de Campo Grande – dois no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, um no Presídio de Trânsito e um no Centro de Triagem. Os presídios de Dourados, Corumbá, Naviraí e Três Lagoas também serão contemplados. Reforço – Marques espera inaugurar no dia 20 de dezembro a estrutura física do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Dois Irmãos do Buriti, cuja operacionalização deverá ficar a cargo do próximo governo. Isso porque o treinamento dos agentes penitenciários a serem designados para a unidade prisional começará apenas em janeiro, com a realização de estágios no local de trabalho. Marques informou que o presídio de Dois Irmãos – que a princípio foi planejado para receber detentos de Aquidauana, Corumbá e Miranda – receberá 100 agentes penitenciários, mesma quantidade que será designada para Naviraí. Porém, a administração estadual planeja que o efetivo de agentes em cada uma dessas penitenciárias chegue a 200

Comentários