27/02/2018 09h51

Nova etapa do projeto será inaugurada nesta terça-feira na unidade do Dom Antônio Barbosa e está em fase de implantação também no bairro Jardim Noroeste

Redação

Criada há dois anos para levar alimentos saudáveis como complementação alimentar às famílias carentes do bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande, a horta comunitária do programa Rede Solidária, desenvolvido pelo Governo do Estado, passa a contar com uma cooperativa que irá proporcionar geração de renda alternativa às famílias da região.

Pela cooperativa, os participantes irão aprender a cultivar, organizar a produção e venda em sua comunidade. A inauguração da nova etapa do projeto será às 9h, desta terça-feira (27), na unidade I do Rede Solidária, situada na rua Adelaide Maia Figueiredo, 1.879, Dom Antônio Barbosa.

Coordenadora do programa, Marta Helena Ferreira Andrade, conta que o trabalho da horta comunitária atende crianças e adolescentes entre seis e sete anos. Agora, o projeto será ampliado e passará a contar com a supervisão de um engenheiro agrônomo, que ensinará os familiares das crianças a cultivarem suas próprias hortas.

“A ideia é que eles aprendam a cultivar para consumo e para comercialização, naquela venda informal. O curso irá contemplar ensinamentos práticos para a realidade deles, inclusive com hortas suspensas para quem tem espaço pequeno em casa”, detalhou.

Os participantes receberão mudas, adubos e orientação sobre como desenvolver o cultivo. A previsão é que na primeira etapa sejam atendidos 500 beneficiários a partir do mês de março, aumentando a cada bimestre e alcançando pelo menos 2,2 mil famílias neste ano.

“Nossa ideia é trazer a comunidade e transformar essa atividade em uma geração de renda”, resumiu a coordenadora. Segundo ela, a distribuição das hortaliças que hoje atende a alimentação das crianças inscritas no programa Rede Solidária será estendida às famílias participantes.

Também está prevista a implantação da cooperativa da horta comunitária na unidade II do Rede Solidária, no Jardim Noroeste. No local, o terreno está sendo preparado para o plantio das hortaliças.

*Notícias MS

Comentários