21/10/2013 14h57 – Atualizado em 21/10/2013 14h57

Remuneração de corretores de imóveis teve reposição três vezes maior que a média em MS

A remuneração do corretor de imóveis está entre as que mais aumentaram no último ano em Mato Grosso do Sul. É o que revela a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2012, divulgada pelo IBGE

Da Redação

A remuneração do corretor de imóveis está entre as que mais aumentaram no último ano em Mato Grosso do Sul. É o que revela a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2012, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De 2011 para 2012, a remuneração média de quem atua na comercialização e administração de imóveis e valores mobiliários aumentou 9,71%, frente a um aumento médio de 3,31% entre todas as profissões.

Números que estimulam a busca pela profissão. Hoje o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de Mato Grosso do Sul (CRECI/MS) tem inscritos 3.906 profissionais ativos, número que cresceu 86,8% nos últimos cinco anos, segundo dados da Secretaria do Conselho. Em 2008 eram 2.091 inscritos ativos.

“Estamos em um mercado favorável e a nossa profissão também conquistou respeito e valorização. Hoje é automático, a pessoa pensa em negociar um imóvel e já procura o profissional habilitado, que é o corretor de imóveis”, diz o presidente do CRECI/MS, Delso José de Souza.

O Conselho desenvolve ações de fiscalização, para garantir um mercado saudável e ao mesmo tempo desenvolve ações de valorização e promoção da categoria, proporcionando palestras e cursos para atualização dos conhecimentos profissionais.

(*)Com informações de Assessoria de Comunicação

Comentários