09/03/2012 15h06 – Atualizado em 09/03/2012 15h06

Prefeita Márcia Moura assina convênio com entidades filantrópicas

Valor repassado supera R$ 2 milhões

Cristiane Vieira

A prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, assinou na manhã de hoje (9) o convênio com 12 entidades filantrópicas, para o repasse de uma verba do Fundo de Investimento Social que supera R$ 2 milhões. O valor é 10% maior do que o repassado para as instituições no ano de 2011.

Márcia Moura aproveitou para reforçar o papel de parceria com as entidades, “todas elas fazem um papel de grandes parceiros do bem querer da nossa gente, eles os protegem”, disse.

ENTIDADES

As 12 entidades filantrópicas que receberam o repasse da verba foram: Grupo da Fraternidade Espírita José Xavier, Sociedade São Vicente de Paula – Vila Vicentina, Apae, Creche “Dona Clementina Carrato”, Missão Salesiana Bom Jesus, Grupo Espírita “A Candeia”, ABBI – Associação Beneficiente Batista Independente, Desafio Jovem Peniel, Grupo Assistencial Experiência da Vida, Rede Feminina de Combate ao Câncer. Apae Educação e Grupo da Fraternidade Espírita José Xavier – Lar das Crianças.

AGRADECIMENTO

Durante o seu pronunciamento a prefeita aproveitou para agradecer todas essas entidades que vem ajudando Três Lagoas no seu crescimento e desenvolvimento. “A gente só tem a agradecer com muita gratidão sem jamais esquece-los, porque se Três Lagoas está nesse “boom”, nesse grande desenvolvimento, é porque certamente esses parceiros fazem a diferente”, finalizou.

VALOR REPASSADO

O valor da verba repassado para cada instituição foi de acordo com a quantidade de pessoas que são assistidas pelas entidades e também, pelo número de profissionais que desempenham seu papel lá. Todas as instituições que recebem o repasse demonstraram todas as exigências legais.

AUMENTO DA VERBA

Este ano a verba teve um aumento comparado ao valor que foi repassado para as entidades no ano passado, de acordo com a prefeita a vontade é aumentar o valor, “cada ano estamos repassando maiores valores, nossa vontade é aumentar mais”, concluiu.

ENTIDADES NÃO FILANTRÓPICAS

Para receber o repasse do Fundo de Investimento Social as entidades devem comprovar legalmente que são filantrópicas, no entanto as instituições que não atendem esse requisito legal não podem receber verba da prefeitura. “Todos que procuram a prefeitura tem de ter algum trabalho social voltado para a carência, se não é comprovado esse trabalho social a prefeitura é impedida de ajudar, disse Márcia Moura.

Ela ressaltou a importância do trabalho das entidades não filantrópicas e diz que a prefeitura se propõem a ajuda-los a se legalizarem para conseguir o repasse, “venha até nós, eu chamo nosso corpo jurídico e chamamos todos que precisam estar presentes para a gente achar a melhor saída e ajuda-los, porque eles fazem um trabalho importante”, finalizou.

Doze entidades receberam um repasse que somados superam R$ 2 milhões. O valor é 10% maior que o repassado no ano passado
Foto: Maycon Almeida

Comentários