20/02/2012 09h57 – Atualizado em 20/02/2012 09h57

Uol

Para evitar invasões de links ao vivo, os repórteres da Globo contavam com segurança reforçada. Renata Capucci mobilizava uma equipe de seis pessoas para entrar ao vivo da concentração: dois seguranças, o câmera, um iluminador, uma assistente e o responsável por carregar o link.

Enquanto Renata entrevistava o componente de uma escola, os seguranças não deixavam nem mesmo outros integrantes da agremiação passarem perto. Uma parte da bateria da Renascer festejou a presença da repórter gritando o seu nome de forma ritmada. Renata agradeceu a homenagem dando uma sambadinha.

Rafael Pessina, da RedeTV!, se virava com a ajuda de apenas dois colegas – o câmera e um faz tudo. Bem ao estilo da cobertura da emissora, Pessina privilegia as curvas da modelo que entrevista, pedindo para ela dar “uma sambadinha” e girar, para a câmera mostrar a bunda.

Cercado de curiosos, o repórter se diverte. Nem sabe o nome da entrevistada. “É uma gostosa qualquer”, explica.

A repórter da Globo Renata Capucci durante a cobertura do Carnaval na Sapucaí
Foto: Uol

Comentários