31/03/2018 09h14

Energia fica 8,4% mais alta para residencias e 11,4% para indústrias

Redação

Na próxima terça-feira (3), às 9h (horário de Brasília-DF), a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) realiza reunião de diretoria em que será avaliado o processo de Revisão Tarifária Periódica da Energisa-MS e a presidente do Concen (Conselho dos Consumidores da Área de Concessão da Energisa-MS), Rosimeire Costa, participará. Os índices já apresentados pela Aneel preevêm alta de 8,41% para consumidores residenciais, chegando a 11,82% para as indústrias em MS.

A expectativa do Concen, no entanto é de redução dos índices preliminares apresentados pela Aneel, especialmente para os consumidores de alta tensão.

Segundo a presidente do Concen, Rosimeire Costa, ” a expectativa é sempre de que o índice venha um pouco menor, com redução mais substancial para classe do grupo A, que envolve indústria e alta tensão”.

Durante audiência pública realizada em Campo Grande no dia 08 de fevereiro, a Aneel apresentou os índices preliminares de 11,82% para indústrias e 8,41% para consumidores residenciais (ou 8,35% se considerada toda a baixa tensão).

Rosimeire explica que a consultoria analisou cada componente que integra o processo de revisão e durante a reunião de terça-feira fará referência aos questionamentos. “Achamos importante discutir pontos que observamos na base de remuneração das concessionárias e temos expectativa positiva de diminuição dos índices apresentados pela Aneel especialmente na classe industrial e que nos interessa porque queremos manter nossa competitividade e empregos”. O Concen reúne representantes das principais classes de consumo e hoje é presidido pela representante da Fecomércio-MS.

(*) Correio do Estado

Energia elétrica aumentará em Mato Grosso do Sul - Foto: Reprodução

Comentários