21/10/2015 15h58 – Atualizado em 21/10/2015 15h58

Foi nesses termos que dois sindicatos de trabalhadores classificaram a proposta salarial apresentada pela empreiteira Fortes, que atua no canteiro de obras do Projeto Horizonte 2

Ricardo Ojeda

SEM ACORDO

De acordo com as duas entidades sindicais, Sintiespav e Sintricom, a empreiteira Fortes Engenharia se nega a pagar os salários que já estão sendo praticados pelas empresas, Construcap e Soterpav, bem como outras construtoras que atuam na construção do empreendimento.

PAU NA GATA

Informações detalhadas divulgadas em um folheto que foi distribuído aos trabalhadores, denunciam que há dois meses os sindicatos vêm negociando com a Fortes, porém a empreiteira se recusa a pagar, apresentando uma proposta classificada pelos dirigentes sindicais de ridícula e imoral.

DOR DE CABEÇA

O cronograma de obra da construção da segunda linha de produção da Fibria, batizada de Horizonte 2 ainda nem foi oficialmente lançado, entretanto, problema protagonizado com uma de suas contratadas já apareceu e se não foi resolvido entre as partes, pode dar dor de cabeça aos envolvidos.

MEDIADOR

Entretanto, basta apenas um dos diretores da gigante de celulose tomar providências junta a Fortes para as coisas entrarem nos eixos.

É LEI

De acordo com o presidente do Sintiespav, Nivaldo da Silva Moreira, devido a esse procedimento da empresa, os trabalhadores vêm há dois meses perdendo em média R$ 100, mais os benefícios previstos por lei.

RECUSA

O sindicalista disse ainda que a equiparação salarial “está previsto em lei. A média dos valores praticados no canteiro de obras deve ser ajustado aos trabalhadores, de acordo com as categorias. Entretanto a Fortes se recusa a cumprir esse procedimento.

PRIMEIRO MUNDO

Enquanto isso, lá pelas bandas da Eldorado Brasil é coisa de primeiro mundo e estrutura que empresa dispõe para monitorar em tempo real as carretas e os treminhões que transportam celulose e madeiras.

ANJOS DA GUARDA

São cerca de 350 carretas treminhões que percorrem diuturnamente as rodovias da região e são acompanhadas em tempo real por equipes que observam o fluxo através de monitores. Nada escapa aos olhos desses “anjos da guarda” dos caminhoneiros. Em breve matéria completa no Perfil News sobre esse assunto.

ENLAMEADO

E pelo jeito a Lava Jato chegou de vez em MS. A delação de Fernando Baiano atingiu em cheio o senador Delcídio Amaral, que agora terá que se virar nos 30 para se explicar. Se vai convencer é outra história. Vamos aguardar os próximos capítulos.

PAUTA

O senador petista virou pauta do jornal Correio do Estado, foi destaque na capa, na charge e na página três da edição desta terça-feira, 20. Devido a esses conteúdos, há tempos Delcidio vem travando um embate jurídico com o jornal, o mais antigo do MS. A luta terá muitos e empolgantes rounds

MAIS ENVOLVIDOS

Além de Delcidio, o deputado federal Vander Loubet e o empresário José Carlos Bumlai, (amigão de Lula), foram acusados por deletares da Lava Jato de receberem dinheiro desviados da Petrobras.

ILHA DA FANTASIA I

Nada como viver num País sem problemas. Enquanto o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, trava uma batalha para conseguir recursos da ordem de R$ 30,5 bilhões para fechar o buraco do orçamento de 2016, uma missão quase impossível.

ILHA DA FANTASIA I

O governo já separou R$ 2,1 bilhões do Orçamento da União deste ano para atender emendas de parlamentares. Um autêntico balcão de negócios. Toma lá, dá cá.

INDIGNAÇÃO

A greve dos bancos já está causando prejuízos não só para os banqueiros, mas para a sociedade como um todo. Comentários nas mídias sociais já começam a pipocar com reclamações indignadas com o movimento dos bancários.

FESTA SOLIDÁRIA

No dia 31 de outubro, acontecerá em Três Lagoas a 1ª Festa do Chopp. O evento é de caráter solidário e a renda será revertida para a construção de setor de Oncologia do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

PRATAS DA CASA

De acordo com José Aparício Dantas, que está coordenando o evento estima que cerca de 6 mil pessoas compareçam à festa que vai acontecer no recinto do Parque de Exposições, Joaquim Marques de Souza. Vários artistas de Três Lagoas vão se apresentar durante o evento. Veja aqui o vídeo:clique no link

FEIRA INTERNACIONAL

O recinto do Arena Mix será o palco da próxima edição do Três Lagoas Florestal. O empresário Robson Trevisan, confirmou ao titular do Caldeirão que a estrutura disponível no local é de longe um dos melhores para receber a estrutura da feira.

CIRCUITO MUNDIAL

O evento, que vai acontecer em abril de 2017 é considerado a principal feira de segmento da Cadeia da Indústria de Base Florestal Sustentável, sendo consolidada como a primeira do ranking da América Latina, entrando para o calendário das principais feiras do setor realizada pelo mundo.

FATURANDO ALTO

Para ter uma ideia da dimensão da feira, mesmo com a retração na economia que o País atravessa a última edição da feira movimentou mais de R$ 60 milhões de reais em negócios.

PARA REFLETIR

“Não adianta acreditar se você não tem coragem de lutar”.

Comentários