20/02/2018 14h17

Explicação seriam as fortes chuvas que caíram ao longo dos meses de dezembro e janeiro deste ano em MS; pico da cheia pode ocorrer em abril

Redação

O Rio Paraguai registrou 3,52 metros nesta terça-feira (20), sendo o maior nível registrado nos últimos 6 anos. No ano anterior, no mesmo dia, a régua de Ladário marcava 1,94 metros. Os indíces são do serviço de sinalização náutica do oeste, que, diariamente acompanha a elevação do nível do rio e constatou que a média é de 3 a 5 centímetros a mais por dia.

Os responsáveis pelo monitoramento explicaram que a marca de mais de três metros, normalmente, ocorre no mês de maio e não fevereiro. A explicação então seriam as fortes chuvas que caíram ao longo dos meses de dezembro e janeiro.

A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) Pantanal, que acompanha o movimento de cheia, emitiu um alerta no final do mês de janeiro, ressaltando que caso as chuvas continuem volumosas na região norte, o Pantanal pode ter o pico da cheia já no mês de abril, que é quando o Rio Paraguai passa dos 5 metros.

O comum é que ocorra entre os meses de junho e julho. Com esta previsão, produtores estão se antecipando e retirando o rebanho, que estão sendo levados para as áreas mais altas.

*G1

Rio Paraguai atingiu nível mais alto dos últimos 6 anos (Foto: Reprodução/TV Morena)

Comentários