26/03/2016 12h13 – Atualizado em 26/03/2016 12h13

O trecho da rodovia MS-473 que liga Nova Andradina a Fazenda Santa Bárbara, local onde está instalado o campus do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) na cidade, será asfaltado pelo Governo de Mato Grosso do Sul no segundo semestre desse ano.

Da redação

O trecho da rodovia MS-473 que liga Nova Andradina a Fazenda Santa Bárbara, local onde está instalado o campus do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) na cidade, será asfaltado pelo Governo de Mato Grosso do Sul no segundo semestre desse ano. A obra vai beneficiar diretamente alunos e servidores da instituição de ensino, além de contribuir para o desenvolvimento da região.

A confirmação da pavimentação do trecho surgiu nesta quarta-feira (23) durante encontro entre o governador Reinaldo Azambuja, o secretário de Estado de Infraestrutura Marcelo Miglioli, o prefeito Roberto Rashioka e o reitor Luiz Simão Staszczak. Esta foi a segunda reunião para tratar do assunto. A primeira, quando o governador tomou conhecimento da situação de trafegabilidade do local, foi em fevereiro deste ano.

Conforme Miglioli, a expectativa do Governo do Estado é lançar o edital da licitação da obra em abril para iniciar a concorrência em maio e começar a obra até julho. Os custos para asfaltar a rodovia devem ficar em torno dos R$ 30 milhões, estimou o secretário. “Estamos atualizando os valores do projeto para iniciar o processo”, disse.

Serão pavimentados 22,7 km da MS-473, o que beneficiará até 700 alunos. De acordo com o reitor Staszczak, 600 pessoas, entre alunos e servidores, passam diariamente pelo local e enfrentam dificuldades por conta das péssimas condições da rodovia. As más condições de trafegabilidade ainda fazem com que os índices de evasão da instituição aumentem.

Com a execução da obra, a instituição prevê o aumento da procura pelos cursos e a permanência dos alunos matriculados, explicou o diretor do campus de Nova Andradina, Claudio Sanavria. Para o prefeito Hashioka, a pavimentação da MS-473 tem fundamental importância para o município, uma vez que atende de alunos a produtores rurais. “O local é um dos pontos de entrada do Centro-Oeste”, disse.

IFMS

Instalado em 2008 e em funcionamento há cinco anos, o IFMS conta hoje com 10 campus e polos de educação a distância em 23 municípios, 688 servidores e cerca de oito mil estudantes.

Em Nova Andradina, o instituto se destaca no ensino na área agrária, especificamente voltado à agropecuária. Entre os cursos de graduação oferecidos pelo IFMS em Nova Andradina estão bacharelado em Agronomia, tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e tecnologia em Produção de Grãos.

Também participaram do encontro o secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paulo, vereadores de Nova Andradina e produtores ligados ao sindicato rural do município.

(*) Notícias – MS

A obra vai beneficiar diretamente alunos e servidores da instituição de ensino, além de contribuir para o desenvolvimento da região. (Foto: Divulgação)

Comentários