29/03/2016 11h34 – Atualizado em 29/03/2016 11h34

Mesmo após alguns dias de estiagem, algumas ruas da cidade não recebem manutenção e provocam armadilhas para veículos que são surpreendidos com buracos e caminhões que ficam atolados em plena via pública

Ricardo Ojeda e Patricia Miranda

O representante comercial Djair Martinez cansado de ver nenhuma ação concreta por parte da prefeitura de Três Lagoas enviou à redação do Perfil News várias fotos de uma situação que já faz parte do cotidiano nas proximidades da rua Baldomero Leituga, no Jardim Alvorada.

Segundo Martinez, é comum ver carros e caminhões atolados nessa via. “Hoje mesmo, uma carreta ao desviar de uma poça d’água acabou atolando na rua Baldomero Leituga, nas proximidades do Eros Motel”, disse.

O motorista atolou a carreta por volta das 07hs30 e teve que acionar um trator, mas devido ao peso da carga até as 10 horas não tinha conseguido sair do atoleiro. A situação é preocupante por que na localidade existe grande movimento de caminhões e carretas que precisam descarregar nas empresas nas imediações, explanou por telefone o representante comercial.

Segundo Djair, a prefeitura já foi acionada várias vezes, porém não realizou o rebaixamento da via para escoar a água da chuva que fica acumulada pela via.

OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO

Em setembro de 2015, foi divulgado pela Prefeitura de Três Lagoas em parceria com o governo do Estado, o início de obras de asfalto no município e que começariam até o fim do ano passado e que teriam como investimento R$ 3 milhões. Naquele momento foi divulgado também que haveria recapeamento em pontos da Avenida Capitão Olinto Mancini com a Ranulpho Marques Leal e proximidades do Cristo até as imediações do quartel.

Ao desviar da poça d'água carreta fica atolada na rua Baldomero Leituga e trator teve que ser acionado (Foto: Djair Martinez)

Comentários