24/07/2008 10h17 – Atualizado em 24/07/2008 10h17

A Gerência de Operação e Tecnologia (Geotec) da Sanesul desenvolveu um projeto para implantação e manutenção do sistema de supervisão e controle operacional (SSCO) da rede de abastecimento de água de Três Lagoas.

Com investimento de cerca de R$ 642,5 mil, o SSCO visa dotar o sistema do município nos processos de captação, tratamento, reservação e distribuição, de coleta e transmissão de dados via rádio para uma Central de Controle Operacional (CCO).

Até o momento, os procedimentos operacionais do sistema de Três Lagoas eram determinados a partir de informações obtidas no local pelos operadores e transmitidas via rádio ou telefone, não dispondo de alimentação automatizada. Com a nova tecnologia, os dados serão obtidos em tempo real e poderão ser armazenados em um sistema computacional, permitindo o histórico dos parâmetros de controle, o que possibilitará um planejamento mais eficaz da operação.

Serão automatizados os sistemas da Vila Piloto, Vila Nova, Central, Santa Luzia e Santa Terezinha. Tais sistemas de abastecimento abrangem 17 poços profundos e nove reservatórios. Nos sistemas da Vila Piloto, Vila Nova, Santa Terezinha, Santa Luzia e Central, a cloração também será automatizada, com aplicações de produtos químicos nas caixas de reunião. (As informações são do Noticias MS)

Comentários