16/09/2019 16h02

Parte do dinheiro devido começa a ser paga amanhã apenas para quem participou da reunião; caso o novo acordo não seja honrado há promessa de novas manifestações

Gisele Berto

Depois de um grupo de cerca de dez ex-colaboradores de Viação São Luiz se mobilizar em frente à garagem e impedir, inclusive, a saída dos veículos, a direção da empresa recebeu os trabalhadores para negociar os pagamentos atrasados.

Durante a reunião ficou decidido que a empresa vai pagar uma parcela do acordo e mais um mês do salário atrasado aos trabalhadores que estiveram na manifestação em frente à empresa nesta manhã. O acordo é válido apenas entre as pessoas que participaram da reunião e não vale para os demais trabalhadores.

O acordo, segundo um dos participantes, começa a ser pago amanhã, terça-feira. Caso não seja honrado, há promessa de novas manifestações.

Manifestantes só foram recebidos após fecharem a saída da garagem da São Luiz na manhã de hoje. Foto recebida por whatsapp

Comentários