31/03/2016 09h09 – Atualizado em 31/03/2016 09h09

Mortes foram registradas em São Gabriel do Oeste e Corumbá.

Terceiro caso de pode ser de um bebê de Itaporã, no sul do estado. Também foram registrados casos isolados em duas cidades do Bolsão

Da Redação

A Secretaria do Estado de Saúde (SES) confirmou a segunda morte por H1N1 em Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (30). Conforme o boletim epidemiológico, o caso foi registrado em São Gabriel do Oeste, região centro-norte do estado. A outra morte foi em Corumbá.

Além disso, a SES investiga a morte de um bebê de 1 ano e 11 meses, residente de Itaporã, no sul do estado, que morreu no dia 29 de março, um dia depois de ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do HU-UFGD. Ele deu entrada com diagnóstico de pneumonia, foi entubado e colocado em isolamento.

Conforme o levantamento da Saúde, em 2016 já foram confirmados cinco casos de influenza A, sendo um em Aparecida do Taboado, Corumbá e São Gabriel do Oeste e dois em Campo Grande.

O boletim ainda mostra que tiveram 12 casos de isolamentos, sendo seis por H1N1 – Aparecida do Taboado (1), Campo Grande (2), Corumbá (1), Paranaíba (1) e São Gabriel do Oeste – e seis por H3N2 – nesse caso houve registro só na capital sul-mato-grossense.

(*) G1 MS

A vacina de imunização ao vírus H1N1 será distribuídos no estado de Mato Grosso do Sul a partir de 30 de abril (Foto: Divulgação)

Comentários