16/01/2013 08h20 – Atualizado em 16/01/2013 08h20

Saúde de Brasilândia se previne contra a Dengue

Os agentes de endemias já percorrem todas as residências de Brasilândia, Reassentamento Novo Porto João André e Distrito Debrasa

Da Redação

O Governo Municipal de Brasilândia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, através do Núcleo de Endemias e Controle de Vetores trabalha nesse início de ano com o objetivo de diminuir o índice de infestação do mosquito no município que no momento está em 4,91, o ideal para que não haja risco de transmissão de dengue é que o índice seja menor que 1. Até o momento nenhum caso confirmado da doença na cidade. No ano passado, foram 69 casos notificados, sendo 30 positivos.

Os agentes de endemias já percorrem todas as residências de Brasilândia, Reassentamento Novo Porto João André e Distrito Debrasa. Esta visita é feita a cada dois meses, mas é neste momento que o agente informa a população sobre importância de manter a vistoria em seu quintal para verificar que não há nenhum recipiente que possa acumular água parada.
A ação também conta com parcerias de outras secretarias, no caso, de Obras e Serviços Urbanos que auxiliam com maquinários na limpeza de grandes terrenos baldios.
Além disso, é feita a conscientização na população com a distribuição de panfletos, palestras nas escolas e o famoso dia “D” que consiste em um dia para chamar a atenção de todos na prevenção da proliferação do mosquito.

CUIDADOS

  • Tampar os grandes depósitos de água;
  • Limpar os recipientes de água;
  • Remover e coletar o lixo;
  • Realizar inspeção domiciliar para controle da reprodução de mosquitos;
  • Fazer controle químico;
  • Realizar campanhas de educação em saúde;
  • Utilizar mosquiteiros, repelentes e telas;
  • Estimular campanhas educativas e escolares.

(*)Informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Brasilândia

Agente de Endemias procura na residência possíveis focos de dengue. Foto: Divulgação/Assessoria

Comentários