24/07/2019 10h06

Os recursos liberados para Três Lagoas serão também aplicados para custeio de leitos em unidade de internação hospitalar em cuidados prolongados

Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas conseguiu junto ao Ministério da Saúde a habilitação para criar e capacitar equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar, pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

Com a habilitação deste novo serviço de atenção à saúde da população, o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinou a liberação de recursos para Três Lagoas, na ordem de R$ 2.099.150, como informou a secretária de Saúde, Angelina Zuque.

Acompanhando o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, a secretária de Saúde esteve em Campo Grande, no início desta semana (22), juntamente com o vereador Marcus Bazé, na solenidade de assinatura de convênios e liberação de recursos do Governo Federal para a Saúde dos municípios do Estado de Mato Grosso do Sul.

Os recursos liberados para Três Lagoas serão também aplicados para custeio de leitos em unidade de internação hospitalar em cuidados prolongados, como explicou Angelina.

“Conseguida esta habilitação, que há tempos estávamos viabilizando junto ao Ministério da Saúde, podemos partir para a formação e capacitação desta equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar a pacientes que não têm condições físicas de se deslocar a uma unidade de saúde ou hospitalar”, anunciou a secretária de Saúde.

Segundo ressaltou Angelina, “este é um dos serviços que o nosso prefeito Angelo Guerreiro, desde o primeiro ano de sua gestão, vem reivindicando junto ao Ministério da Saúde e, graças ao seu empenho constante, Três Lagoas acaba de conquistar”.

Prefeito Angelo Guerreiro ao lado da secretaria de Saúde, Angelina Zuque, e o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (Foto/Assessoria)

Comentários