05/11/2013 08h01 – Atualizado em 05/11/2013 08h01

O diabetes está se tornando a epidemia do século

Definida pela Federação Internacional de Diabetes (IDF), entidade vinculada à OMS, a data (14 de novembro) foi instituída como resposta ao alarmante crescimento do diabetes no Mundo

Nelson Roberto

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e do Programa Municipal Hiperdia, promove uma série de atividades, alusivas ao Dia Mundial do Diabetes, no decorrer desta semana, em todas as Unidades de Saúde, como resposta ao alarmante crescimento do Diabetes.

“Por meio dessas atividades, temos como meta chamar a atenção de toda a Cidade para a importância dos cuidados que todos devemos ter com esta doença”, observou a coordenadora municipal do Programa Hiperdia, Darlene Heloisa Ferrari Ruiz.
O Dia Mundial do Diabetes (14 de novembro) foi definido pela Federação Internacional de Diabetes (IDF), entidade vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS), e introduzido no calendário em 1991, como resposta ao alarmante crescimento do Diabetes em todo o Mundo.

Desde 2007, foi adotado o círculo azul, como símbolo global do Diabetes. Esse símbolo integra as mensagens da campanha mundial de conscientização “Unidos pelo Diabetes”.

O círculo simboliza a vida e a saúde, e o azul reflete o céu que une todas as nações. A junção do círculo com a cor azul significa a unidade da comunidade global para a união da luta de controle da doença em todas as Nações.

O diabetes está se tornando a epidemia do século e já afeta cerca de 246 milhões de pessoas em todo o Mundo. Até 2025, a previsão é de que esse número chegue a 380 milhões.

De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil, aproximadamente 5,8% da população a partir dos 18 anos têm diabetes tipo 2, o que equivale a 7,6 milhões de pessoas. O diabetes tipo 1 e 2 juntos atingem 10 milhões de pessoas. A prevalência aumenta com a idade: o diabetes atinge 18, 6% da população com idade superior a 65 anos.

PROGRAMAÇÃO

Em Três Lagoas, a programação das principais ações direcionadas à população começam na próxima quarta-feira (6), continuam na quinta-feira (7) e culminam no próximo sábado (9), quando todas as Unidades de Saúde estarão abertas para realização de exames e outros procedimentos de esclarecimentos e de prevenção à doença.
Segundo antecipou a Coordenação Municipal do Programa Hiperdia, a programação das atividades alusivas ao Dia Mundial do Diabetes é a seguinte:

  • Oficina de Porta-Medicamentos, no auditório do Centro de Referência Assistencial e Educacional (CRASE) Coração de Mãe, na quarta-feira (6), das 9h às 11h e das 13h às 16h.
    A oficina é uma parceria do Programa Municipal Hiperdia e CAPS II. Nesta oficina, os pacientes e a equipe do CAPS II ensinarão às equipes de Agentes Comunitários de Saúde da Unidade de Estratégia de Saúde da Família – ESF Jardim Maristela e da Unidade de Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde – EACS Santa Luzia a montarem modelo de porta-medicamentos, que deverá ser distribuído aos pacientes hipertensos e ou diabéticos, que têm dificuldade de seguir a medicação, de maneira correta (dosagem e horários).

  • Atualização sobre Pé Diabético, no Plenarinho da Câmara Municipal, na próxima quinta-feira (7), das 7h às 11h. O objetivo desta ação é capacitar os enfermeiros e enfermeiras que trabalham nas Unidades Saúde de Atenção Básica, para a melhoria do atendimento, previsto para a Campanha de sábado (9), alusiva ao Dia Mundial de Diabetes, em Três Lagoas. Nesse dia, entre as demais ações previstas, caberá à equipe de enfermeiros e enfermeiras o teste de sensibilidade dos pés nos pacientes diabéticos, assim como orientações sobre os cuidados que esses pacientes devem ter com a saúde.

  • Campanha do Dia Mundial do Diabetes neste ano, a Secretaria Municipal de Saúde decidiu antecipar a campanha para o próximo sábado (9), em todas as Unidades de Saúde dos Bairros, no período da manhã, das 8h às 11h. Estão convidados a participar desta Campanha e a comparecer na Unidade de Saúde mais próxima de sua residência, os pacientes diabéticos, pré-diabéticos, idosos, hipertensos com sobrepeso ou obesos e familiares.
    Nesse dia, entre as ações programadas, consta: teste de glicemia capilar; triagem (aferição da pressão arterial, peso, estatura e circunferência abdominal); avaliação bucal, teste de sensibilidade dos pés e orientações sobre os cuidados com os pés; orientações sobre alimentação saudável; orientações sobre o Diabetes; e distribuição de material educativo e informativo.
    Nestas ações nas Unidades de Saúde, o Programa Municipal Hiperdia conta com a parceria e participação de alunos do Curso Superior de Nutrição das Faculdades Integradas AEMS.

Em Três Lagoas, a programação das principais ações direcionadas à população começam na próxima quarta-feira (6) (Foto: Google/Imagens)

Comentários