03/12/2018 09h54

SAD afirma que motivo é por ordem técnica e de força maior. Não é a primeira alteração no processo seletivo. Ordem judicial determinou igualdade de gênero nas vagas

Redação

A SAD (Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização) suspendeu, nesta segunda-feira (3), a 4ª etapa do concurso da polícia militar e corpo de bombeiros.

A etapa, que testaria a capacidade física dos candidatos, foi suspensa por “motivos de ordem técnica e força maior”. O exame aconteceria entre os dias 8 e 12 de dezembro.

A suspensão foi publicada no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul desta segunda-feira. Conforme a publicação, uma nova data será definida em edital.

O edital, afirma a publicação, vai especificar os horários e os locais onde serão aplicadas as provas.

Decisão judicial

O concurso sofreu alterações ao longo do processo. Decisão da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, determinou que os editais fossem republicados sem a discriminação de vagas por gênero.

A decisão acatou pedido do MPMS (Ministério Público Estadual) que questionou o número que limitava as vagas de mulheres. O entendimento do MPMS é de que a limitação representa discriminação de gênero.

A primeira fase do concurso registrou abstenção geral de 14%. Ao todo, 5.020 candidatos dos 36.346 inscritos não compareceram na aplicação da prova em Campo Grande e Dourados.

O número de mulheres inscritas Mato Grosso do Sul não chegou a 30% do total. Dos 48.427 inscritos nos dois concursos, 13.873 são mulheres, 28,6%.

(*) Informações Campo Grande News

Candidatos na UCDB durante o dia 12 de agosto (Marina Pacheco)

Comentários