Em entrevista exclusiva ao Perfil News, Geraldo Resende disse que recebeu a notícia da greve dos funcionários com “incômodo e inconformismo”; Secretário também comentou sobre o atraso na entrega das obras e falou sobre o enfrentamento à Covid na região; veja vídeo

Em uma live de mais de meia hora com o jornalista Ricardo Ojeda o Secretário de Saúde do Estado de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, refutou a nota enviada pela empresa Sial, que dizia que o Governo não repassava verbas públicas à obra do Hospital Regional há quatro meses.

“Não tem esses meses de atraso. Nós repassamos a eles R$ 14.979.358,874 apenas neste ano”, disse.

Resende afirmou que os valores devidos são de duas medições para as quais a empresa ainda não teria enviado as notas fiscais e um outro valor de R$ 554 mil, que foi pago hoje.

“Uma empresa grande deve estar preparada para cobrir pequenos atrasos do Governo, já que temos todo um processo burocrático”, afirmou. Para as duas medições cujas notas não foram enviadas Resende afirmou que há um empenho de quase R$ 3 milhões para o pagamento.

“Devemos frisar também o atraso por parte da empresa na entrega da obra, que deveria estar pronta no ano passado. Pediram para adiar para março, junho, agora outubro. Esses atrasos são de responsabilidade da empresa”, cobrou o Secretário.

Segundo Resende, o Estado pretende entregar o Hospital funcionando ainda este ano ou no início do ano que vem. “Não faltou dinheiro do estado para essa obra, só queremos que ela fique pronta”, disse. “Qualquer atraso em obras da saúde prejudicam os pacientes do SUS e é a ele que eu me devoto”, completou.

Após a entrega das obras civis será a hora de equipar o prédio. De acordo com Resende, já há o empenho de R$ 35 milhões para a compra de equipamentos.

O Secretário ainda falou sobre o bom desempenho da saúde de Três Lagoas no enfrentamento à Covid, já que, dentre as maiores cidades do Estado, é a que tem o menor número de contaminados. “A região de Três Lagoas nunca correu o risco de colapsar seu sistema de saúde e isso se deve à competência das equipes de saúde e à gestão municipal”, afirmou.

Confira no vídeo abaixo a entrevista completa com o Secretário Geraldo Resende.

Entrevista com Geraldo Resende, secretário de Saúde de MS

Estou batendo um papo com o secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende. As obras do Hospital Regional e a evolução da pandemia na região de Três Lagoas são os nossos assuntos…

Gepostet von Ricardo Ojeda am Dienstag, 15. September 2020
Comentários