14/11/2006 14h48 – Atualizado em 14/11/2006 14h48

O secretário municipal de Esporte, Luciano Dutra, voltou a ser duramente criticado por alguns vereadores de Três Lagoas. As críticas surgiram na manhã desta terça-feira, durante reunião no gabinete da presidência da Câmara de Vereadores que tratava de assuntos ligados a emendas ao orçamento do Município para o próximo ano. O vereador Claudio César Alcântara (PMDB) questionou ao secretário de Finanças, Valmir Arantes, o motivo pelo qual ele teria negado ônibus para levar judocas até a cidade de Lins, interior de São Paulo, onde aconteceria um torneio. Valmir frisou que nunca negou pedido ao secretário Luciano Dutra e que este sempre teve autonomia em todos os atos da pasta. ‘Somos um celeiro de judocas campeões em todas as modalidades e nem incentivo para isso eles estão conseguindo’, frisou. O PEDIDO O dirigente do CEAT (Centro Esportivo de Aperfeiçoamento Técnico e Cultura de Três Lagoas), José Ovídio Duarte, havia solicitado dois ônibus ao secretário para que 73 judocas pudessem seguir até a cidade de Lins, onde haveria uma competição esportiva ocorrida no dia 12, domingo. Com a negativa o Centro Esportivo acabou arcando com a despesa de apenas um ônibus (R$ 1.000,00), o que lhe rendeu o vice-campeonato, perdendo para cidade de Guararapes (SP) por um ponto. ‘Se a equipe estivesse completa seriamos certamente campeões’, falou o dirigente. DURAS CRÍTICAS O vereador Antonio Rialino (PMDB) chegou a chamar o secretário Dutra de omisso alegando que a secretaria deveria ser mais bem conduzida. ‘Ele não é do ramo’, citou. Já Ângelo Guerreiro (PSB) foi outro vereador que não poupou criticas dizendo que usava a secretaria para assuntos políticos. ‘Ele não faz nada para os vereadores, pois tem ciúmes de nós’, ironizou. A vereador Vera Helena lembrou que seria necessária a convocação de Luciano Dutra para dar explicações durante reunião sobre o funcionamento da secretaria e os motivos das recusas de certos pedidos. A reportagem tentou falar com o secretário, mas não teve êxito.

Comentários