15/03/2018 15h55

Mato Grosso do Sul possui 1,5 mil quilômetros de fronteiras, sendo 1.131 quilômetros com o Paraguai e 386 quilômetros com a Bolívia, e está entre os estados da federação que mais apreende drogas

Redação

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, cumpre agenda de trabalho em Brasília (DF) nesta quinta-feira (15.3), onde participa de reunião com o ministro Extraordinário de Segurança Pública, Raul Jungmann. O encontro que também conta com a presença dos secretários de Segurança Pública de todo País, tem por objetivo tratar de assuntos relacionados às fronteiras, à integração das polícias Civil, Militar e Guarda Municipal, padronização e incremento de tecnologia, sistema de inteligência de segurança pública, entre outros assuntos.

Na oportunidade, Antonio Carlos Videira apresentará as principais demandas e reivindicações de Mato Grosso do Sul, sobretudo no que se refere à segurança na região de fronteira entre o Brasil, Paraguai e Bolívia. “Vamos aproveitar a ocasião e solicitar também o apoio para liberação dos recursos para construção da sede do Departamento de Operação de Fronteira (DOF), em Dourados, do Laboratório de Análises Forenses para realização de exames, em Campo Grande, e principalmente uma maior presença das forças federais em nossas fronteiras”, pontuou.

Mato Grosso do Sul possui 1,5 mil quilômetros de fronteiras, sendo 1.131 quilômetros com o Paraguai e 386 quilômetros com a Bolívia, e está entre os estados da federação que mais apreende drogas. Somente no ano de 2017 foram 427 toneladas de entorpecentes tirados de circulação.

A reunião será realizada às 14h30, na Esplanada dos Ministérios, Edifício Sede, Bloco T, 4º andar, sala de retratos.

*Notícias MS

Comentários