17/01/2013 09h47 – Atualizado em 17/01/2013 09h47

Sem negociação, trabalhadores permanecem de braços cruzados em obra da Petrobras

Comissão composta por trabalhadores e dirigentes sindicais entrega lista com 23 itens de reivindicações. Até o momento ninguém da empresa se manisfestou

Cristiane Vieira

Segundo informou o representante da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Nilson Cavalcante, ao Perfil News uma lista contendo 23 reivindicações foi entregue aos representantes do consórcio da UFN3 – Petrobras.

De acordo com o dirigente sindical, nos 23 itens tem 3 reivindicações que são ligadas a questões salariais e acordos financeiros enquanto as demais são sobre assuntos sociais como problemas nos alojamentos (falta de água, animais peçonhentos e outras).

Mesmo sendo entregue essa lista nenhum representante procurou a comissão para fazer uma reunião sobre a paralisação que acontece no canteiro de obras da UFN3. Foi montada uma comissão de 10 trabalhadores e vários dirigentes sindicais, inclusive um da CUT (Central Única dos Trabalhadores) para as negociações.

Também na tarde de ontem foi feita uma votação e por unanimidade todos os trabalhadores votaram a favor da retirada dos dois sindicatos, Sintiespav e Sintricom. Eles querem que a CUT tome a frente das negociações.

Trabalhadores continuam parados aguardando uma negociação. Foto: Ricardo Ojeda

Comentários