13/03/2012 09h17 – Atualizado em 13/03/2012 09h17

Aulas iniciaram e alunos estão sem professores em alguns cursos

Universidade diz que fará concurso para contratar professor ao curso de sistemas de informação

Rafael Furlan

Alguns cursos da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, campus de Três Lagoas, estão sem professores. Muitos alunos, que moram em outros Estados, reclamam e estão com medo de ser prejudicados em razão da falta professores, pois não haveria tempo para assimilação de todo conteúdo pedagógico.

Reportagem do Perfil News constatou na Universidade que vários cursos como sistemas de informação, geografia e enfermagem estão sem professores. Para o aluno Heitor Queiroz Ribeiro, “isso é muito prejudicial, pois mesmo repondo essas aulas, vamos ser prejudicados”, alerta.

Universidade

A reportagem do Perfil News foi informada pela coordenadora do curso de sistemas de informação, Ivone Matsun, que um concurso deve resolver o problema da falta de professores em sua área. “Os alunos estão sem aula em algumas disciplinas, pois um concurso foi realizado para preencher duas vagas. Apenas um professor passou. Foi homologado e ele irá iniciar suas atividades semana que vem. Já para a contratação de outro professor, vamos abrir concurso e os alunos não vão ser prejudicados”, garantiu.

No site da universidade, um comunicado informa que os professores de determinadas disciplinas ainda não foram contratados.

Em razão da falta de professores, não há aulas das seguintes matérias:

Introdução a Sistemas Digitais (1ºsem. – 2ª feira das 19:00 às 22:30);
Fundamentos de Teoria da Computação (1ºsem. – 4ª feira das 19:00 às 22:30 e Sábado das 9:00 às 10:40); Probabilidade e Estatística I (3ºsem. – 6ª feira das 19:00 às 22:30); Inteligência Artificial (5ºsem. – 6ª feira das 19:00 às 22:30)”.

Para Heitor, “todos os alunos estão sabendo, pois foi avisado e estamos esperando a contratação desse professores”, disse.

Aluno está preocupado com a falta de professores
(Foto: César Esquibel)

Grande parte dos alunos estuda na unidade II da UFMS.

Comentários