22.4 C
Três Lagoas
sábado, 13 de agosto, 2022
InícioNotíciasPolíticaSemana terá nomeações de 1.354 novos servidores em Mato Grosso do Sul

Semana terá nomeações de 1.354 novos servidores em Mato Grosso do Sul

De 27 de junho a 1º de julho, o governador Reinaldo Azambuja nomeia 1.354 novos servidores públicos para 26 funções na gestão estadual de Mato Grosso do Sul. O impacto na folha será de aproximadamente R$ 11 milhões por mês. Ele anunciou as nomeações na última quinta-feira (23), durante a entrega do Hospital Regional da Costa Leste, em Três Lagoas.

“Estou nomeando, a partir de agora, novos servidores estaduais. Não vai ficar nenhuma delegacia sem delegado. Com essas nomeações, o Governo do Estado irá reforçar a segurança dos presídios, as investigações policiais, melhorar o aprendizado dos nossos alunos, a fiscalização do Procon, o trabalho da Iagro e da Agraer, o atendimento à saúde e a atuação da procuradoria. Estamos nomeando servidores de todos os concursos abertos, não apenas gerando empregos, mas melhorando os serviços públicos e o atendimento”, afirmou Reinaldo Azambuja. 

A secretária de Estado de Administração, Ana Carolina Araujo Nardes, explicou que as nomeações vão aprimorar o trabalho em prol da população. “Todas as políticas públicas implementadas precisam necessariamente de pessoas para executar. Então, isso ajuda a potencializar todas as áreas do Estado”, disse. 

Serão nomeados:

  • médicos legistas (Sejusp);
  • peritos criminais (Sejusp);
  • papiloscopistas (Sejusp);
  • agentes de polícia científica (Sejusp);
  • delegados de polícia  (Sejusp);
  • policiais penais (Sejusp/Agepen);
  • auditores da CGE;
  • professores (SED);
  • fiscais estaduais agropecuários/agrônomos (Semagro/Iagro);
  • fiscais estaduais agropecuários/médicos veterinários (Semagro/Iagro);
  • gestores de ações sociais (Sedhast);
  • gestores de relação de consumo (Procon);
  • fiscais de relação de consumo (Procon);
  • assistente de relações de consumo (Procon);
  • agentes fiscais de relação de consumo (Procon);
  • gestores de desenvolvimento rural (Semagro/Agraer);
  • pesquisadores (Semagro/Agraer);
  • gestores sócio-organizacionais (Semagro/Agraer);
  • técnicos de desenvolvimento rural (Semagro/Agraer);
  • agente de serviços sócio-organizacionais (Semagro/Agraer);
  • auditores de serviços de saúde (SES);
  • fiscais de vigilância sanitária (SES);
  • especialistas de serviço de saúde (SES);
  • assistentes de serviços de saúde (SES);
  • auxiliares de serviço de saúde (SES);
  • e procuradores (PGE).

Paulo Fernandes, Subcom

Foto: Chico Ribeiro

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.