26/11/2018 09h23

SEMEC finaliza projeto “Evoluir Integração” em Três Lagoas

Trabalhos foram realizados com alunos e professores do Ensino Fundamental II

Redação

Professores do Ensino Fundamental II da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) de Três Lagoas participaram do Projeto “Evoluir Integração”, que teve como principal objetivo inspirar professores à evolução do trabalho em sala de aula. A culminância do projeto aconteceu na última quinta-feira, 22, e reuniu professores de quatro escolas municipais de Três Lagoas.

As escolas participantes foram a Escola Municipal de Educação no Campo (EMEC) “Antônio Camargo Garcia”, Escola Municipal “Joaquim Marques de Souza”, Escola Municipal “Maria Eulália Vieira” e Escola Municipal Parque São Carlos.

Os trabalhos tiveram início em abril e se estenderam por todo o ano letivo, sendo feitos de forma interdisciplinar e contínuo. Os projetos foram supervisionados pelos coordenadores da SEMEC, especialistas e professoras-coordenadoras.

Baseada na Proposta Didática do Município, cada Unidade escolheu um tema a ser trabalhado com os alunos de maneira interdisciplinar, envolvendo professores de Língua Portuguesa, Matemática, Geografia, História, Ciências, Língua Inglesa, Arte e Educação Física.

O objetivo do projeto foi de aprimorar a didática, possibilitando aos professores, a partir de uma estrutura e organização metodológica, interagir com profissionais, elaborando e compartilhando boas práticas de ensino, vivenciadas com seus alunos, no decorrer do ano letivo.

A Escola Municipal “Joaquim Marques de Souza” promoveu o projeto “Abuso Sexual: Proteja-se”, e realizaram passeatas no bairro, palestras com profissionais da área, ações comunitárias e distribuição de materiais impressos informativos. O principal objetivo do tema escolhido foi a conscientização principalmente de mulheres e crianças, para que haja uma quebra de silêncio e a denúncia em casos de abuso.

A Escola Municipal Parque São Carlos trabalhou no projeto “Educar para o respeito das diversidades na escola: uma questão de cidadania e humanidade”. Foram tratadas as diversidades de raça, classe, gênero, cultura, religião entre outras, buscando respeitas a individualidade de cada ser humano, diminuindo preconceitos e estereótipos.

A Escola Municipal “Maria Eulália Vieira” desenvolveu o projeto “Resgatar valores é formar cidadãos”, e trabalhou questões éticas, morais, de autoestima e respeito. O objetivo foi de cumprir o papel da escola favorecendo a aprendizagem e a formação de seres humanos participativos e responsáveis no convívio social.

Já a EMEC “Antônio Camargo Garcia” realizou o projeto “Copa do Mundo 2018: A Rússia em destaque”. Durante o ano letivo foram realizadas diversas atividades abordando aspectos culturais, linguísticos, matemáticos, geográficos e históricos do país que sediou o maior campeonato de futebol. Os estudantes tiveram a oportunidades de ampliar de forma reflexiva e crítica o conhecimento sobre o tema.

(*) Assessoria de Comunicação

Trabalhos foram realizados com alunos e professores do Ensino Fundamental II (Foto/Assessoria)

Comentários