14/04/2015 11h35 – Atualizado em 14/04/2015 11h35

Proposta será apresentada durante encontro de professores da REME que marcará o início da formação continuada

Assessoria

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC), por meio do Departamento Pedagógico do Segmento de Educação Física, promoverá nesta quarta-feira (15), um encontro com os professores da Rede Municipal de Ensino (REME), para apresentar a reformulação e estudo da avaliação conceitual. O evento que será realizado no Centro Cultural “Professora Irene Marques Alexandria”, às 18h30, marca também o início da formação continuada dos docentes do segmento.

As coordenadoras do Departamento Pedagógico de Educação Física da SEMEC, as professoras Inozemar Fraga e Joice Santos apresentarão as propostas de reformulação da avaliação juntamente com os professores. “O intuito em reunir todos é promover debates para uma reformulação democrática, onde todos possam ser beneficiados, e para que todo o processo seja transparente”, disse Inozemar.

De acordo com a coordenadora, o processo de reformulação é realizado anualmente, pois, segundo Inozemar é necessário que a prática avaliativa cumpra papel de emancipação do aluno. “É preciso desconstruir a imagem da educação física apenas no campo técnico. Este segmento une-se aos demais campos do conhecimento, que contribui efetivamente para o ensino-aprendizagem e na formação social dos alunos, de forma a torná-lo cidadão”.

A coordenadora também explicou que o objetivo é tornar a avaliação uma ferramenta de investigação de novas práticas educacionais. “A avaliação é uma forma de estímulos para o estudo, uma vez que sua principal utilidade é apontar o que deu certo e o que não funcionou no processo de ensino-aprendizagem. Esse tipo de avaliação é basicamente um orientador dos estudos e esforços dos professores e alunos no decorrer desse processo, pois esta muito ligado ao mecanismo de retro alimentação [feedback] que permite identificar deficiências e reformular seus trabalhos, visando aperfeiçoá-los em um ciclo continuo e ascendente”, explicou.

FORMAÇÃO CONTINUADA

O Departamento também dará início à formação continuada com os professores. Serão realizados encontros quinzenais, onde dois professores por encontro irão apresentar os projetos que foram desenvolvidos nas unidades escolares onde atuam. O objetivo, segundo Inozemar, é a troca de experiência vivida pelos profissionais. Os resultados serão analisados pelo Departamento Pedagógico, de forma a prestar consultoria. Ao final do ano letivo, os professores receberão certificado.

“Acompanhamos durante todo o ano o desenvolvimento dos projetos. Nesses encontros os professores trocam experiência, apresentando o que funciona ou não, como um mini curso. Disso, é possível somar conhecimento entre as unidades escolares. É uma das melhores formas de surgir ferramentas que irão aprimorar o ensino”, finalizou a coordenadora.

(*) Prefeitura de Três Lagoas

Comentários