28/11/2018 06h36

A construção de um Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde considera as especificidades locais de cada região

Redação

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) realiza nesta quarta-feira (28.11) o Seminário Estadual PRO EPS SUS (Programa para o Fortalecimento das Práticas de Educação Permanente em Saúde no Sistema Único de Saúde): Fortalecendo a Educação Permanente em Saúde no Mato Grosso do Sul.

Representantes de todos os municípios do Estado vão se reunir para a elaboração do Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde. O plano faz parte da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde organizada pela Portaria GM/MS nº 1996/2007.

A construção de um Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde considera as especificidades locais de cada região. O processo de elaboração do plano foi feito por meio de um planejamento ascendente, descentralizado, participativo com os municípios, conduzido pela Superintendência da Gestão do Trabalho e Educação na Saúde da SES com apoio da Comissão de Integração Ensino e Serviço (Cies).

Em novembro de 2017 foi lançada a Portaria nº 3.194 que dispõe sobre o Programa para o Fortalecimento das Práticas de Educação Permanente em Saúde no Sistema Único de Saúde – PRO EPS SUS. Nesta Portaria, Mato Grosso do Sul solicitou a adesão e foi habilitado com incentivo financeiro para a construção do seu plano estadual de educação permanente em saúde.

O objetivo é que o Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde possa levantar as necessidades de qualificação dos trabalhadores no cuidado à saúde com proposição de ações de educação permanente para melhoria dos serviços de saúde prestados à população.

(*) Portal do MS

O plano faz parte da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde organizada pela Portaria GM/MS nº 1996/2007 (Foto/Assessoria)

Comentários