30/09/2015 10h11 – Atualizado em 30/09/2015 10h11

Com a exposição, os envolvidos no ramo de confecção podem tirar dúvidas e receber consultorias

Assessoria

Os visitantes da Semana da Moda do Sebrae, que teve início na segunda-feira (28/09) e prossegue até hoje (30/09) na sede da entidade em Campo Grande (MS), aproveitam a oportunidade para visitar o espaço do Senai e conhecerem os serviços oferecidos. A microempreendedora individual Maurina Braga, 53 anos, destacou que procurou o estande para se informar sobre consultoria e cursos que possam contribuir para o desenvolvimento da confecção.

“Preciso de algo nas áreas de modelagem, criação, corte e custos para organizar melhor a empresa”, declarou Maurina Braga, que atua na área há 10 anos, mas de forma profissional há cinco anos e espera ampliar o trabalho. “É muito bom poder contar com o Senai para isso”, disse.

O empresário Fábio Brito, 43 anos, pontuou que se interessou pelo portfólio de cursos. “Principalmente na área de modelagem. Esse evento ajudou bastante para essa aproximação, para que pudéssemos também conhecer os vários serviços para atender o setor”, declarou.

O também empresário Guilherme Rinzler contou que já utiliza os serviços do Senai. “Uso os serviços do Senai nas áreas de modelagem e plotagem. Vim prestigiar o espaço do Senai, pois já conheço os serviços que me beneficiam muito, depois que comecei a usar os serviços pude transferir para cá algumas partes dos processos que antes eram feitas em São Paulo e isso para nós é muito bom”, pontuou.

Na tarde desta terça-feira (29/09), além do trabalho disponibilizado no estande, os visitantes também tiveram a oportunidade de conhecer a experiência do engenheiro de produção com ênfase em meio ambiente e sustentabilidade, Falko Rotter, que é da Alemanha e está no Brasil há três meses. Em um bate-papo com os empresários, ele falou sobre processos industriais e controle de produção “Tive a oportunidade de compartilhar com eles a minha experiência e expus o material que serviu para meu trabalho de conclusão de curso”, afirmou.

A coordenadora do CTV Empresa (Centro Tecnológico do Vestuário) do Senai de Campo Grande, Ivana Jambersi, destacou que a proposta é apresentar para as indústrias alternativas para melhoria no processo industrial. “Os empresários que visitam o estande estabelecemos o contato e no momento oportuno fazemos uma visita, oferecendo consultoria e serviços do Senai”, avaliou.

(*) FIEMS

Durante a Semana de Moda do Sebrae os interessados podem conhecer vários serviços do setor. (Foto: Assessoria)

Comentários