06/02/2012 08h32 – Atualizado em 06/02/2012 08h32

Alunos aprendem a diminuir desperdícios e melhorar a qualidade do trabalho

Assessoria de Comunicação

O CetecSenai Dourados, em parceria com a Bunge, iniciou as aulas práticas do curso de operador de conjunto de plantio mecanizado, que começou no fim do ano passado e está previsto para encerrar no dia 24 de fevereiro. Com o objetivo de proporcionar aos profissionais meios de desenvolver habilidades que propiciem a operação e manutenção de máquinas para plantio, o curso frisa a correta regulagem dos implementos com o intuito de diminuir desperdícios e melhorar qualidade do trabalho, com segurança, qualidade e preservação do meio ambiente.

Nas aulas práticas, os alunos estão tendo conhecimentos de mecânica de motores, segurança na utilização dos equipamentos de plantio, noções de hidráulica e hidráulica aplicada a plantadora e conhecimentos sobre como plantar da melhor maneira para conseguir boa produtividade. “Na parte prática do treinamento, eles também observam espaçamento entre as linhas de plantio, fazem aulas de manobras, analisam as mudas para saber se são viáveis, entre outros tópicos de ensino”, detalhou a instrutora Alzira Nogueira Souza dos Santos.

Ainda segundo Alzira dos Santos, a área agrícola das usinas é uma área de fundamental importância e que requer mão de obra qualificada, pois é ela que provê à usina a matéria prima. “Dessa forma, é preciso ensinar como produzir essa matéria prima com qualidade. Espero que dessa forma possamos contribuir para a melhora da mão de obra desse setor e ampliar o portfólio de cursos voltados à área agrícola das usinas”, disse.

Francisco Szamrek Ribeiro, também instrutor do Senai, afirma que nesse módulo prático do curso de operador de conjunto de plantio mecanizado participam operadores já experimentados na função do plantio mecânico de cana-de-açúcar, sendo necessários refinamentos nas práticas operacionais já empregadas por eles. “O contato direto com a área operacional agrícola permite averiguar a real necessidade dos educandos e sintonizar as ações do Senai, dando subsídios para a elaboração de programas cada vez mais adequados”, avaliou.

Para o aluno Vilson Amarilha Peralta, os assuntos abordados no curso são de extrema necessidade no dia a dia do plantio mecanizado, quando se faz processos com responsabilidade e muito mais qualidade. “Estou muito satisfeito e sei que isso vai agregar mais conhecimento e aprendizado futuramente. Espero estar repassar todo este conhecimento em meu emprego e desempenhar um bom papel profissional, trabalhando com ética e respeito, buscando superar os obstáculos do dia a dia”, declarou.

Comentários