07/02/2012 08h05 – Atualizado em 07/02/2012 08h05

Em Campo Grande são 168 alunos nos cursos de logística, segurança do trabalho, automação industrial e mecânica

Assessoria de Comunicação

No âmbito do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), o Senai iniciou as aulas de 11 cursos gratuitos de educação profissional técnica de nível médio em Mato Grosso do Sul com um total de 1.005 estudantes matriculados. Eles estão distribuídos em 40 turmas nas unidades do Senai nos municípios de Campo Grande, Corumbá, Dourados, Nova Alvorada do Sul, Naviraí, Nova Andradina, Rio Verde, Sidrolândia, Sonora e Três Lagoas.

Os cursos oferecidos são de logística, segurança do trabalho, manutenção automotiva, automação industrial, mecânica, química, mineração, eletrotécnica, açúcar e álcool, celulose e papel e alimentos. Segundo o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, o modelo de seleção foi considerado um sucesso e a entidade está diante de um processo novo, que se consolida dia a dia. “Tivemos uma ampla divulgação dos cursos do Pronatec pela Secretaria Estadual de Educação, bem como dos parceiros Senac e IFMS”, declarou.

Ele adiantou que no próximo mês de março a Secretaria Estadual de Educação deve iniciar a mobilização dos parceiros para definição do processo seletivo referente ao preenchimento de vagas para o segundo semestre deste ano. “Essas aulas terão início entre o fim de julho e o início de agosto. Além dos cursos já previstos, serão oferecidos cursos novos”, disse.

Distribuição

Em Campo Grande são 168 alunos nos cursos de logística (uma turma), segurança do trabalho (duas turmas), automação industrial (duas turmas) e mecânica (duas turmas), enquanto em Corumbá são 193 alunos nos cursos de segurança do trabalho (três turmas), automação industrial (duas turmas), química (duas turmas) e mineração (duas turmas). Já em Dourados são 120 alunos do Pronatec nos cursos técnicos de mecânica, segurança do trabalho, automação industrial, eletrotécnica, manutenção automotiva, química e alimentos.

Na cidade de Deodápolis são 60 estudantes divididos nas turmas de açúcar e álcool e segurança do trabalho, enquanto em Nova Alvorada do Sul tem uma turma de segurança do trabalho tem 30 alunos e, em Nova Andradina, são 58 alunos matriculados nos cursos de açúcar e álcool e mecânica, sendo que em Naviraí são 100 alunos nas turmas de eletrotécnica, açúcar e álcool, química e segurança no trabalho.

Rio Verde tem 25 alunos da turma de eletrotécnica e Sidrolândia tem uma turma com 25 alunos no curso de segurança do trabalho. No município de Sonora são 35 alunos da turma de segurança do trabalho e, em Três Lagoas, são 216 alunos distribuídos nos cursos de eletrotécnica (uma turma), segurança do trabalho (uma turma), celulose e papel (duas turmas), química (uma turma) e automação industrial (uma turma).

Alunos

Matriculada no curso de segurança do trabalho da FatecSenai Campo Grande, Paula Dias Rocha, 15 anos, diz que é necessário buscar experiência antes de completar 18 anos. “Agora é o momento de começarmos a adquirir essa experiência e fazer algo que gostamos. Tenho certeza que minha auto-estima também vai melhorar”, frisou.

Também matriculada no curso de segurança do trabalho da FatecSenai Campo Grande, Roseane Goes Leite Cristaldo, 18 anos, contou que fez processo seletivo para testar os próprios limites. “Minha família não criou muitas expectativas, já que nunca me dediquei muito tempo a alguma coisa. Dessa vez superei as minhas expectativas e estou disposta a me dedicar cada vez mais”, disse.

Eles estão distribuídos em 40 turmas nas unidades do Senai nos municípios de Campo Grande, Corumbá, Dourados, Nova Alvorada do Sul, Naviraí, Nova Andradina, Rio Verde, Sidrolândia, Sonora e Três Lagoas.
Foto: Divulgação

Comentários