21/08/2014 10h00 – Atualizado em 21/08/2014 10h00

O governo do Estado está utilizando um novo sistema de recursos humanos e de folha de pagamento, denominado Universal RH, através do qual todos os números das matrículas dos servidores de Mato Grosso do Sul, aposentados, pensionistas e da ativa foram alteradas no início deste mês de agosto

Da Redação

O governo do Estado está utilizando um novo sistema de recursos humanos e de folha de pagamento, denominado Universal RH, através do qual todos os números das matrículas dos servidores de Mato Grosso do Sul, aposentados, pensionistas e da ativa foram alteradas no início deste mês de agosto.

A nova matrícula já está disponível e para acessar é preciso entrar no site www.servidor.ms.gov.br e no link Serviços, clicar em Holerite On-Line e utilizando a sequência antiga, o servidor será de imediato informado sobre o novo número.

Paulo Lopes, diretor da Secretaria de Estado de Gestão de Recursos Humanos, explica que a nova matrícula é composta por uma sequência de dez números que trazem informações importantes sobre a vida do servidor. “As sete primeiras posições é o PFIS e os três últimos indicam o vínculo empregatício com o Estado”, detalha.

O PFIS que o diretor Paulo cita é o Cadastro Único de Pessoa Física, que com a alteração passou a ser único para cada servidor. “Antigamente existiam vários cadastros para um único servidor, hoje ele foi universalizado, porém no caso daqueles que possuem cargos comissionados a duplicidade de matrículas continuam, como é o caso de professores, por exemplo”, explica o diretor da Secretaria de Gestão.

Com duas matrículas, o servidor que ocupa dois cargos, como alguns professores ou cargos comissionados, receberão dois pagamentos distintos e para acessar informações sobre cada um deles, terá que digitar o número da matrícula referente, no Portal do Servidor, onde são disponibilizados serviços como holerite e comprovantes de rendimentos.

POLÍCIA CIVIL BAIXA PORTARIA EXIGINDO USO DA NOVA MATRÍCULA

O delegado-geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Jorge Razanauskas Neto, baixou ontem (20) a portaria número 105 da DGPC (Delegacia Geral da Polícia Civil) que torna obrigatória a utilização do número da nova matrícula, em requerimentos e documentos diversos, por parte de todos os policiais civis do Estado.

“A partir de agora os documentos originados de todas as unidades da Polícia Civil, para os órgãos superiores ou da administração da instituição, ou do Estado de Mato Grosso do Sul, deverão obrigatoriamente conter o novo número da matrícula do servidor que redigir ou assinar”, lembra o delegado-geral.

De acordo com o delegado Jorge Razanauskas Neto, a ideia é padronizar os requerimentos e documentos diversos, elaborados por policiais civis, dirigidos aos órgãos da Administração da Polícia Civil, como forma de organizar e controlar os registros.

(*)Com informação de Noticias MS

A nova matrícula já está disponível no site e no link Serviços, clicar em Holerite On-Line e utilizando a sequência antiga, o servidor será de imediato informado sobre o novo número (Foto: Noticias MS)

Comentários