25/04/2016 16h54 – Atualizado em 25/04/2016 16h54

Os envolvidos têm idade entre 22 e 25 anos e foram encontrados em razão de algumas informações, prestadas ao setor de investigações

Assessoria

Na quarta-feira (20), policiais civis do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia Regional de Polícia de Três Lagoas, em cumprimento a mandado de busca domiciliar expedido pelo MM Juízo da 3ª Vara Criminal local, efetuaram diligencia na residência de Amancio José de Lima Neto, vulgo “Neto”, de 21 anos.

A residência localizada no bairro Vila Carioca, uma vez que tinham informações de que Neto comercializava entorpecente e recebia produtos de crime como pagamento, sendo que ao chegarem no local, os policiais encontraram um vídeo game da marca X-Box, cor preta, que foi constatado ser produto de furto no bairro Nova Três Lagoas 2, onde teriam sido furtados vários outros objetos.

Os policiais descobriram que Neto teria adquirido o vídeo game de um indivíduo conhecido por “Bolacha”, de nome Alex Aparecido Correa Pedroso, de 25 anos, pessoa já conhecida nos meios policiais, por diversas passagens por furto e tráfico de entorpecente, sendo o mesmo encontrado no bairro Santos Dumont. No local foram localizados vários objetos que seriam do furto ocorrido e Alex confessou a pratica, bem como teria vendido o vídeo game a Neto, pela quantia de R$300,00, cujo aparelho está avaliado em R$1.200,00.

Ainda foi apreendida na casa de Alex uma pequena porção de maconha, que ele disse que seria para seu uso. Ele responderá também por posse de entorpecente e será recolhido ao presídio local, pois há contra si um mandado de prisão expedido pelo juízo da 1ª Vara Criminal local, uma vez que estava foragido da Colônia Penal local.

Neto foi autuado em flagrante por receptação dolosa e, após pagar fiança de R$1.200,00, foi colocado em liberdade para responder junto à Justiça local.

No decorrer da investigação apurou-se por parte de Alex Pedroso que este teria vendido a televisão para a pessoa de Murilo, o qual apesar das diligencias não foi localizado, porém em contato com seu defensor este apresentou a televisão que foi devidamente aprendida e entregue ao seu legítimo proprietário.

Os policiais constaram que os produtos tinham sido furtados no dia 19/04. (Foto: Assessoria)

Amancio José de Lima Neto, vulgo “Neto”, de 21 anos. (Foto: Assessoria)

Alex Aparecido Correa Pedroso. (Foto: Assessoria)

Comentários