31/03/2016 10h12 – Atualizado em 31/03/2016 10h12

Após a polícia ter acesso ao sistema de monitoramento do comércio, policiais identificaram tio e sobrinho como autores

Assessoria

Consta no Boletim de Ocorrência n. 1235/16-DEPAC, sobre roubo que, na noite de segunda (28), um indivíduo, por volta das 19h15, esteve numa farmácia que funciona em um supermercado no bairro Santa Luzia. No local, efetuou a compra de alguns medicamentos e deixou uma cédula de R$ 100,00 sobre o balcão, no qual seria para o pagamento. Se aproveitando de um descuido da proprietária, pegou o dinheiro de volta e exigiu que a mesma lhe devolvesse o troco, que seria no valor de R$ 45,00, o que foi feito.

Após o golpe, que é chamado de “Chute”, onde o estelionatário faz uma compra e simula fazer o pagamento da mesma e ainda pega o valor que seria dado como troco, enganando a vítima, o autor fugiu em uma motocicleta que estava no estacionamento do estabelecimento comercial, com um piloto aguardando.

A ação foi filmada pelo sistema de monitoramento e os policiais do SIG passaram a diligenciar e identificou os autores, sendo eles Hamilton Peixoto Duarte, com 44 anos de idade, e seu sobrinho, Eduardo Ferreira Duarte, com 21 anos de idade, este responsável pela fuga da dupla criminosa, os quais negaram a autoria do crime.

Os policiais apuraram que Hamilton possui diversas passagens pela polícia, várias delas pela pratica do mesmo golpe de estelionato. Foi provado que os envolvidos praticaram o crime de estelionato e serão processados na forma da lei.

(*) SIG/ Três Lagoas

Os estelionatários aplicaram um golpe chamado de “Chute”. (Foto: Divulgação)

Comentários