10/06/2015 12h47 – Atualizado em 10/06/2015 12h47

Em janeiro deste ano, L.O.S. foi apontada como a líder de uma quadrilha especializada em um esquema de estelionato. Ela e o marido possuíam uma agência de crédito e empréstimo em Três Lagoas

Fábio Jorge

Em cumprimento a uma determinação judicial, agentes da SIG prenderam na manhã de hoje, quarta-feira (10) L.O.S (32), acusada de estelionato em Três Lagoas. A mulher havia sido presa no início do ano, juntamente com o marido, durante a Operação Stellium 21.

Ela estava em liberdade provisória, mas teve sua prisão preventiva decretada, sendo identificada na circular da Lagoa Maior, dirigindo um automóvel GM Vectra. L.O.S foi abordada e encaminhada pelos policiais à sede da SIG, onde permanece presa, aguardando transferência para o Presídio Feminino Local.

RELEMBRE O CASO

Em 28 de janeiro deste ano, L.O.S. foi apontada como a líder de uma quadrilha especializada em um esquema de estelionato através de empréstimos consignados. Ela e o marido possuíam uma agência de crédito e empréstimo em Três Lagoas e, através da Operação Stellium 21, foram apreendidos na época, oito veículos (inclusive carros de luxo), computadores e tiveram bens imóveis bloqueados.

Foi identificado que a quadrilha levantou cerca de R$ 500 mil em golpes, através de empréstimos falsos feitos na própria agência. A polícia também apreendeu notas falsificadas de dinheiro, documentos e outros materiais que comprovam o crime.

Devido à quantidade de denúncias de vítimas da quadrilha, participaram da Operação, policiais e agentes do DECO e GARRAS de Campo Grande, Polícia Civil e S.I.G. de Três Lagoas e Polícia Civil de Água Clara.

L.O.S, apontada como líder da quadrilha de estelionato. (foto: SIG)

Comentários