27.2 C
Três Lagoas
quinta-feira, 2 de dezembro, 2021
InícioColunistasCaldeirão do BolsãoSIMONE PISOU NA BOLA, LITERALMENTE

SIMONE PISOU NA BOLA, LITERALMENTE

A fala de Simone Tebet, representante de Três Lagoas no Senado Federal, repercutiu negativamente nas redes sociais. Seu nome foi o “Trending topic”, desta quinta-feira, nas principais plataformas de redes sociais

(*) Ricardo Ojeda

TIRO NO PÉ

Nas palavras de Simone Tebet, ela diz que a governadores e prefeitos não devem ser investigados pela CPI da Pandemia, assim como determinou em seu despacho o ministro do STF, Luís Roberto Barroso.

NA ÍNTEGRA

De acordo com a posição da senadora, a ordem dada pelo ministro do STF deve ser acatada na íntegra pela CPI, assim como o presidente do senador, Rodrigo Pacheco autorizou a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito.

FORA DO CONTEXTO

Um vídeo editado fora do contexto mostra a senadora falando: “não é porque o recurso é federal, que foi repassado para os estados e se houve malversação de dinheiro público que eles (os governadores), podem ou devem ser investigados por essa comissão”.

REPERCUSSÃO NEGATIVA

Esse vídeo com a fala (editada) de Simone repercutiu negativamente para a senadora, tanto em sua terra natal, como em vários outros estados e municípios. Sem medo de errar, ela sujou de lama seu currículo.

PUXÃO DE ORELHAS

Inclusive a deputada federal Carla Zambelli, deu um puxão de orelhas na senadora publicando em seu twitter o seguinte comentário:

Que papelão, @SimoneTebetms.

A Sra. está querendo proteger governadores e prefeitos? Vendo CNN entendi ainda que quer usar o fato de ser mulher para ser mais ouvida que os demais.

Sempre tive tanto respeito por você, nunca imaginei que fosse se esconder por trás de seu “gênero”.

DIGA-ME COM QUEM TÚ ANDAS

Inclusive até agora não dá para entender por que a senadora não pediu a suspeição do seu colega de bancada Renan Calheiros, escolhido para relatar a CPI. Um Déspota, um tirano da pior espécie, envolvido até a medula em conchavos e corrupção.

EM CAUSA PRÓPRIA

Calheiros fará de tudo para proteger e livrar seu filho, o atual governador do estado do Alagoas, acusada de desviar recursos para a saúde, que foi enviado pelo Governo Federal para serem investidos no combate ao Covid-19. Assim como tentará até o impossível para incriminar o presidente Bolsonaro.  

SIITUAÇÃO DESCONFORTÁVEL

É como esse tipo de gente que Simone Tebet está se envolvendo, defendendo uma posição que a deixará em situação desconfortável com seus eleitores do Estado e principalmente de Três Lagoas.

NA CONTRAMÃO

Será que ela não tem uma assessoria que sinalize que o rumo e os posicionamentos que ela vem tomando está na direção errada da sociedade de bem?  

VÍDEO BOMBÁSTICO

O jornalista Antonio João, diretor do Correio do Estado divulgou um vídeo acabando literalmente com ex-ministro, Luiz Henrique Mandetta, que comandou a pasta da Saúde no início da pandemia. Ele foi dispensado pelo presidente Bolsonaro e após sair do governo, virou um dos principais opositor do presidente.

METRALHADORA GIRATÓRIA

Mandetta foi convocado pela CPI da Pandemia no terça-feira, onde disparou sua metralhadora giratória contra o governo. No vídeo, (aqui na página), Antonio João faz um resumo da personalidade do ex-ministro.

VAMOS FALAR DE COISAS BOAS…

Conforme publicado na coluna do jornalista Cláudio Humberto, o Brasil ultrapassou a marca de 50,6 milhões de vacinas contra covid aplicadas desde o início da campanha, em 17 de janeiro, e alcançou o Reino Unido, primeiro país do ocidente a iniciar a imunização contra a covid.

GRANDE DIFERENÇA

Os números da vacinação brasileira são da plataforma independente vacinabrasil.org. A grande diferença é que os britânicos alcançaram 50,3 milhões na 2ª feira (3), 147 dias depois da aplicação da primeira dose, em 8 de dezembro, enquanto o Brasil precisou de apenas 108 dias para fazer o mesmo.

ESQUERDOPATAS

Mesmo com esses números positivos a mídia raivosa e negacionista, assim como os militantes esquerdopatas invadem as redes sociais com desinformações, pregando o ódio e atacando quem não concordarem com suas postagens. O facebook finge que nada vê.

OPERAÇÃO ABIGEATO

Quem circulou hoje pela zona rural de Três Lagoas e região pode perceber uma grande movimentação de viaturas a agentes da Polícia Civil fazendo uma varredura nos veículos e caminhões boiadeiros. É que foi deflagrada a Operação Abigeato com a finalidade de fiscalizar o transporte de gados. A operação ocorreu simultaneamente em todo estado.

EFETIVO FORTALECIDO

O coronel Gil Alexandre, que assumiu recentemente o comando do CPA-2, disse ao titular do Caldeirão que brevemente vai fortalecer o efetivo das unidades sobre seu comando com 65 militares, oriundos da academia.

FORMATURA

A formatura dos novos policiais ocorrerá no próximo dia 12 e depois, os militares serão distribuídos para as unidades do CPA-2 que compreende 23 cidades, nos quais 3 batalhões e o mesmo número de companhia.

DISTRIBUIÇÃO

Conforme explicou Gil Alexandre, a distribuição será de acordo com os dados de efetivo, além da população dos municípios. Porém Três Lagoas deverá receber maior número de policiais.

REFORÇO NA SEGURANÇA

Dos 65 formandos, provavelmente 15 virão para compor o efetivo de 2º Batalhão de Três Lagoas. Além disso, os 15 policiais que tiram serviço no Presídio de Segurança Média e 3 no presídio feminino serão substituídos pela Polícia Penal. Esses vão tirar plantão na segurança, aumentando em mais 18 policiais, que somados aos 15 formandos o 2º BPM terá um reforço de mais 33 policiais.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.