11/09/2018 16h09

Apuração dos votos acontecerá na próxima quinta-feira, 13

Redação

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas iniciou nesta segunda-feira, 10, as assembleias com os trabalhadores da Fibria para apreciar a proposta que irá fazer parte do novo acordo coletivo de trabalho 2018/2019. As reuniões com os trabalhadores acontecem na porta da fábrica.

A proposta oferecida pela empresa é de reajuste salarial de 4%, mais:
– abono R$ 1.720
– ticket alimentação R$280
– piso salarial R$ 1.620,43
– auxílio creche R$ 528,42
– auxílio PCD R$ 1.372,20
– auxílio funeral R$ 4.873
– manutenção da assistência medica Unimed Nacional e auxílio medicamento.

“É importante salientar que o ganho real será de 0,39%, pois o INPC do período é de 3,61%. Estamos passando a proposta para apreciação dos trabalhadores, eles quem vão decidir se aceitam ou não os valores propostos”, afirmou o secretário do Sindicato, Cícero Cavalcante.

A apuração dos votos acontecerá na quinta-feira, 13, após a votação. “Vamos acatar o que a maioria decidir, se eles aprovarem vamos finalizar o acordo, caso contrário, voltaremos as reuniões com a empresa e buscaremos novos valores”, concluiu Cícero.

Tratativas para o acordo coletivo começaram ontem. Foto: Divulgação

Comentários