05/12/2014 11h12 – Atualizado em 05/12/2014 11h12

Sindicato lamenta a falta de preparo e responsabilidade da empresa com seus funcionários

Thata Bernachi

O Sindicato da Indústria de Papel e Celulose de Três Lagoas (Sititrel), por meio do presidente Almir Morgão, declarou solidariedade aos problemas enfrentados pelos trabalhadores da UFN3, na manha desta sexta-feira (05).

A entidade sindical aproveita para reforçar a sua parceria com o Sintiespav (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil Pesada do Bolsão Sul-mato-grossense), e se coloca a disposição do presidente Nivaldo da Silva Moreira, em qualquer situação, com o intuito de que a coletividade sindical possa fortalecer os trabalhadores.

“Lamentamos a falta de preparo e responsabilidade da empresa UFN3. Incumbida de construir a maior fábrica de fertilizantes do Brasil, não conseguiu cumprir, se quer, com as obrigações trabalhistas prevista na Constituição Federal. Infelizmente, empresas despreparadas contribuem para a desvalorização dos trabalhadores e de seus direitos”, expõe o sindicato.

O Sititrel afirma que é contra movimentos violentos, entretanto, é favorável ao cumprimento do dever da parte patronal, saldando as dividas com os funcionários e evitando efeitos desastrosos a todos os envolvidos.

(*) Com informações da 7even Comunicação & Marketing

Almir Morgão, presidente da Sititrel, declara apoio aos trabalhadores da UFN3 (Foto: Ricardo Ojeda)

Comentários