20/04/2019 09h14

Assassinato aconteceu na tarde de sexta-feira (19)

Correio do Estado

Ismael Lourival Alves dos Santos, 22 anos, está foragido depois de matar a tia, Ivelin Aparecida dos Santos, 46 anos, na sexta-feira (19), no bairro Santo Amaro, em Campo Grande. A mulher morava junto com o suspeito e mais dois sobrinhos e foi esfaqueada em um dos cômodos da residência.

O caso está sob responsabilidade da Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam), que atendeu a ocorrência. A informação divulgada é de que a vítima foi ferida no pescoço, tórax, braços e mãos, na tentativa de evitar os golpes.

Segundo confirmado pela delegada, Maira Machado, já foi solicitada a prisão preventiva de Ismael na Justiça e o caso será registrado como feminicídio.

Em depoimento, os familiares ouvidos pela polícia contaram que o rapaz e mais dois irmãos moravam com a tia, porque não aceitavam o novo casamento do pai.

Além disso, teria ocorrido uma briga entre o sobrinho e Ivelin, depois de ela chama-lo repetidas vezes de homossexual, fato que segundo os irmãos, o incomodou bastante.

Depois de cometer o crime, o jovem avisou o pai que mora no mesmo bairro e disse que tinha feito ‘uma besteira’ e fugiu. O irmão da vítima chegou ao local e encontrou o corpo da irmã, já sem vida.

Vítima morava com três sobrinhos, inconformados com 2º casamento do pai - Foto: Álvaro Rezende / Arquivo Correio do Estado

Comentários