04/01/2019 09h18

Indivíduo, um homem homossexual de 30 anos, foi localizado após uma das vítimas fornecer suas características

Redação

A Polícia Civil identificou um suspeito de ter mutilado os órgãos sexuais de dois homens, de 48 e 63 anos, em Presidente Venceslau. O indivíduo, um homem homossexual de 30 anos, prestou depoimento à polícia nesta quinta-feira (3).

O delegado Adalberto Gonini Júnior informou ao G1 que ouviu a vítima de 63 anos, no Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente, nesta quinta-feira (3), a qual deu características e detalhes do autor da agressão.

Mediante a isso, o suspeito foi identificado e levado à delegacia para ser ouvido. “Ele [suspeito] possui as mesmas características e descrições passadas pela vítima de 63 anos. Após o depoimento, ele será liberado, pois os elementos ainda são frágeis. A investigação continua. Pretendemos que as vítimas façam o reconhecimento do suspeito”, explicou o delegado ao G1.

Gonini Júnior ainda esclareceu que pretende ouvir a outra vítima, de 48 anos, nesta sexta-feira (4).

Estados de saúde

O Hospital Regional de Presidente Prudente informou ao G1 na tarde desta quinta-feira (3) que os dois homens, de 48 e 63 anos, estão na unidade recebendo os cuidados da equipe médica e multiprofissional.

“Neste momento, o estado de saúde do paciente de 48 anos é considerado grave, porém estável. Já o de 63 anos, tem seu quadro de saúde considerado estável”, esclareceu o HR.

As mutilações

Os dois homens, de 48 e 63 anos, sofreram mutilações em seus órgãos sexuais na última segunda-feira (31), em Presidente Venceslau.

Conforme a Polícia Civil, as duas vítimas tiveram os pênis decepados completamente pelo agressor.

As vítimas foram encontradas em um intervalo de meia hora. Já a Polícia Militar acrescentou que a suspeita é de que um homossexual tenha cometido os crimes.

O primeiro homem estava em frente a um prédio comercial, no Centro da cidade, às 7h45, quando foi localizado, enquanto o segundo, que sofreu a mutilação na Vila Bonfim, foi encontrado às 8h15 por um familiar em sua residência.

Segundo a Polícia Civil, o primeiro homem estava em estado de choque, inconsciente e não foi ouvido sobre o assunto. O socorro para ele foi acionado por pessoas que passavam pelo local.

O segundo, por outro lado, falou que foi convidado por um homem homossexual para um programa, porém, na hora do ato teve o pênis decepado aos fundos de um bar na cidade.

As duas vítimas, em um primeiro momento, foram socorridas e encaminhadas à Santa Casa de Presidente Venceslau para receber atendimento médico.

Na ocasião, o hospital informou, através de sua Assessoria de Imprensa, que os dois homens foram encaminhados para o centro cirúrgico com cortes bruscos na região do pênis.

No entanto, as duas vítimas foram transferidas no mesmo dia para o Hospital Regional, em Presidente Prudente.

(*) Informações G1

Hospital Regional de Presidente Prudente — Foto: Wellington Roberto/G1

Comentários