17/11/2006 06h43 – Atualizado em 17/11/2006 06h43

Ig

Após quase 50 dias de buscas em mata fechada, o comando da FAB informou que suspendeu hoje os esforços por localizar o corpo do passageiro identificado como Marcelo Paixão. O anúncio foi feito depois que a comissão que investiga as causas do acidente informou que o Boeing 737-800 da Gol, que se chocou com um jato executivo no dia 29 de setembro em pleno vôo, se desintegrou no ar em questão de segundos. A Polícia já tinha admitido a possibilidade de alguns dos restos não serem achados, depois de destacar que os legistas, devido ao estado de alguns corpos, tiveram que fazer exames de DNA para identificar algumas das vítimas.

Comentários