22/10/2015 15h17 – Atualizado em 22/10/2015 15h17

Decisão agora é referente a área ocupada por índios em Aral Moreira. Ontem foi suspensa reintegração em Antônio João.

Da Redação

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a liminar que obrigava reintegração de posse de área ocupada por índios em Aral Moreira, a 373 quilômetros de Campo Grande.

A área em disputa em Aral Moreira é chamada pelos indígenas de Guaiviry Jovy. Lá, em 2011, um índio foi morto.
Nessa quarta-feira (21), o mesmo órgão do judiciário havia suspendido reintegração em Antônio João, a 301 quilômetros da capital sul-mato-grossense. Fazendas do município estão ocupadas por índios há dois meses e há um, a Justiça determinou que eles saíssem.

Como os indígenas não saíram, houve determinação de reintegração. A Tropa de Choque da Polícia Militar, em Campo Grande, e a Polícia Federal (PF) foram para o local.

A reintegração seria realizada nessa quarta-feira e o Exército, que está na região há quase 60 dias, montou estrutura de apoio até com Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Tudo foi desmontado.

(*) G1

área em disputa em Aral Moreira é chamada pelos indígenas de Guaiviry Jovy. (Foto:Reprodução)

Comentários