11/03/2019 08h13

Empresa que opera as linhas aumentará a cobertura dos ônibus e incluirá um novo carro na frota; alegação é que não havia aumentos há três anos

Gisele Berto

A partir de amanhã, 12, andar de ônibus em Três Lagoas ficará 20% mais caro. A nova tarifa foi publicada hoje no Diário Oficial dos Municípios de Mato Grosso do Sul, assim como melhorias exigidas pela prefeitura para conceder o reajuste.

Inicialmente, a Viação Três Lagoas incluirá mais um ônibus na frota, passando para 14 os carros circulando pela cidade. Além disso, a empresa expandirá as linhas, que passarão a atender o Bairro Montanini, Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Mais Parque e Jardim Europa.

Em reportagem publicada no último dia 2, o Perfil News fez um raio-x do transporte público na cidade e mostrou a deficiência do número de linhas e a espera sempre superior a uma hora entre um ônibus e outro.

No documento publicado no Diário Oficial também está a exigência da Prefeitura de que a vida útil máxima dos veículos da frota seja de 12 anos. A concessionária deverá submeter seus veículos, semestralmente, à inspeção, devendo apresentar os laudos à Prefeitura.

AUMENTO NA TARIFA

A Viação Três Lagoas alegava que, como se passaram três anos desde o último aumento no preço do bilhete do transporte público, o valor da tarifa deveria ser de R$ 5,20, preço que a prefeitura julgou impraticável.

Com isso, após longas discussões e detalhamento do edital de prestação de serviço, chegou-se ao consenso que será utilizado o reequilíbrio da tarifa, passando para R$ 3,60, o que representa um aumento de 20% em relação ao valor atual, enquanto a meia passagem passa a custar R$ 1,80.

Em reportagem publicada pelo Perfil News foi preciso esperar mais de uma hora para encontrar um ônibus para fotografar. Foto: Ricardo Ojeda.

Comentários