02/06/2015 09h29 – Atualizado em 02/06/2015 09h29

Durante evento Fibria abordará importantes temas no 1º Simpósio Brasileiro sobre Iniciativas Ambientais das Atividades Econômicas

Assessoria de Comunicação

A Fibria participa hoje do 1º Simpósio Brasileiro sobre Iniciativas Ambientais das Atividades Econômicas (Ambienta 2015), com a apresentação de três palestras, onde abordará a preservação e recuperação do meio ambiente. No simpósio serão abordadas as tecnologias e serviços inovadores que garantem a sustentabilidade nos processos de produção

O evento é parte das atividades da 2ª Feira Três Lagoas Florestal que acontece de 2 a 4 de junho no Parque de Exposições Joaquim Marques de Souza, em Três Lagoas (MS).

Confira a programação

9h30 – Projeto de Conversão de Resíduos Industriais em Corretivos de Solo – Case Veolia

Palestrante: Alexandre Cândido de Figueiredo – gerente de Produção de Celulose da Fibria.

Um dos pontos que será apresentado durante a palestra será a reutilização dos resíduos provenientes do processo de fabricação da celulose para fabricação de corretivo de solo. A Fibria, em parceria com a empresa Veolia, especializada na gestão integral de águas e resíduos, reutiliza o que seria descartado em aterro.

O corretivo funciona como um regulador do solo, corrigindo a acidez e proporcionando um melhor aproveitamento dos nutrientes, sendo mais uma fonte de cálcio para as florestas plantadas de eucalipto.

11h30 – Técnicas de restauração florestal: Case Fibria

Palestrante: Márcio Avanço Moraes – analista de meio Ambiente florestal da Fibria.

Em 2011 a Fibria divulgou um conjunto de compromissos de longo prazo diretamente ligados à estratégia de negócio da companhia a ser alcançada até 2025. Dentre eles, promover a restauração ambiental em 40 mil hectares de áreas próprias, englobando todas as unidades da empresa. Essas áreas já existiam antes da atividade da silvicultura na região e em sua maioria são extensões formadas por pastagens que estão em desequilíbrio com o ecossistema. Para auxiliar na preservação ambiental, em Mato Grosso do Sul, a Fibria realizará a restauração ambiental em cerca e 10 mil hectares.

14h30 – Relacionamento com as Comunidades de Três Lagoas – PDRT e Projeto Colmeias

Palestrante: Flávia Tayama – coordenadora de Sustentabilidade da Fibria.

Realizado há seis anos em Mato Grosso do Sul, o programa Colmeias contribui para a melhoria da qualidade de vida dos apicultores, gerando trabalho e renda por meio do desenvolvimento e aperfeiçoamento da cadeia apícola. Nas últimas duas safras foram extraídas 217 toneladas de mel na região.

O Colmeias integra o Programa de Desenvolvimento Rural e Territorial (PDRT) da Fibria que busca promover o desenvolvimento local por meio do fortalecimento das associações comunitárias, focando o apoio às cadeias produtivas por meio da capacitação das comunidades. Dentre as atividades do programa estão o cultivo do urucum, mandioca, abóbora, hortaliças, legumes e a melhoria do manejo da pecuária leiteira. Atualmente mais de 700 famílias são beneficiadas pelo programa.

Sobre a Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa 100% brasileira que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos oriundos da floresta. Com capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose e cerca de 17 mil trabalhadores, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-venture com a Stora Enso.

A Fibria possui uma área florestal de aproximadamente 968 mil hectares, localizada em seis estados brasileiros (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Mato Grosso do Sul). Deste total, mais de 343 mil hectares são destinados à conservação ambiental. A companhia tem uma forte atuação no mercado externo, exportando mais de 90% de sua produção para países da Europa, Ásia e América Latina e Estados Unidos. A Fibria tem ações negociadas no Novo Mercado da BM&F Bovespa e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). A empresa faz parte das carteiras do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) da BM&F Bovespa e do DJSI (Índice Dow Jones de Sustentabilidade), da Bolsa de Nova York (NYSE).

Além de palestras no simpósio, Fibria participa com estande no Três Lagoas Florestal onde recebei os visitantes e convidados (Foto: Patrícia Miranda)

Comentários